Dá a surpresa de ser

Dá a surpresa de ser É alta, de um louro escuro. Faz bem só pensar em ver Seu corpo meio maduro.

Seus seios altos parecem (Se ela estivesse deitada) Dois montinhos que amanhecem Sem ter que haver madrugada.

E a mão do seu braço branco Assenta em palmo espalhado Sobre a saliência do flanco Do seu relevo tapado.

Apetece como um barco. Tem qualquer coisa de gomo. Meu Deus, quando é que eu embarco? Ó fome, quando é que eu como?

10-9-1930 - Poesias. Fernando Pessoa. (Nota explicativa de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1942 (15ª ed. 1995) - 123.

quinta-feira, 14 de outubro de 2021

Eyes Thru Glass (66) – Estremoz e à sua volta

Aqui neste blogue e no “Eyes thru Glass“ mostro aquilo que os meus olhos vêem, através da objectiva.

Aqui ficarão somente as fotos, sem texto ficcional e sem música, apenas uma breve introdução, onde são tiradas e quando, e eventualmente alguma especificação técnica.

As fotos foram tiradas com uma “Sony DSC H-300”. A minha Nikon tinha o motor avariado. Obrigado ao Luís Manuel pelo empréstimo da “Sony”.

Em Dezembro de 2019, andei por Estremoz e arredores. A mostra será em duas vezes. Fica aqui a primeira delas !

Evoramonte




























22 comentários:

  1. Gosto sempre e muito dos recortes das fotografias.
    Bem marcantes, Ricardo
    E sempre bom conhecer mais pedacinhos do País que amo muito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tento fazer o meu melhor para destacar pormenores e enquadramentos diferentes do habitual, ou do que mandam as regras da fotografia.
      Lis obrigado

      Eliminar
  2. Portugal tem lugares muito bonitos que vale a pena conhecer.

    ResponderEliminar
  3. Reguengos parece um presépio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O presépio foi em Campo Maior. Estas fotos foram do Natal de 2019.
      Pedro obrigado

      Eliminar
  4. Nunca visitei.
    Gostei muito destes detalhes :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existem sítios maravilhosos para fotografar, por cá, como sabes !
      Manuela obrigado

      Eliminar
  5. Obrigado pela partilha. Não conheço fisicamente nada do Alentejo. Mais pela distância geográfica que outra coisa. Vou conhecendo pelas fotos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitas pessoas não se interessam por visitar o Alentejo. Mas fazem mal :) !
      O ultimo fecha a porta, obrigado

      Eliminar
  6. Eu já estive em Estremoz, nas minhas núpcias, mas não me lembro quase nada da cidade. Fico a aguardar a tua segunda publicação na expectativa de que as tuas fotos me avivem a memória.

    Que bom tempo esteve em Dezembro de 2019 por essas bandas!! As fotos ficaram bem bonitas e coloridas

    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisava de voltar a visitar algumas cidades alentejanas. Ias ficar admirada com muita beleza e hospitalidade.
      Clara obrigado

      Eliminar
  7. Bom dia
    Nas minhas idas em trabalho a Borba , passava muitas vezes a Estremoz para abastecer num posto que existia no centro , pois era o único na zona onde havia a marca da qual eu tinha o cartão da empresa para abastecer, e fiquei surpreendido pela positiva na primeira vez que lá passei . Já não passo lá á muitos anos , mas pondero um dias destes fazer uma visita , quiçá passar umas ferias .

    JR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz bem Joaquim. O Alentejo continua bonito e acolhedor para quem gosta de andar por lá. Há muito preconceito de muitas pessoas em visitar o Alentejo.
      Joaquim Rosário obrigado

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Nao diria belas, diria razoáveis. A máquina não era a minha e por acaso não gostei muito de trabalhar com esta Sony.
      Boop obrigado

      Eliminar
  9. Em Estremoz e em Monsaraz já estive. Em Reguengos é que só passei e em Evoramonte, nem isso. Ou seja, ainda tenho muito que visitar. :)
    Boas fotos, Ricardo. E o Natal a espreitar, nas tuas fotos e nas decorações alusivas que já estão a invadir as ruas e as lojas. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São bonitas zonas do nosso maravilhoso País, que em termos de beleza nada fica a dever a outros destinos.
      Pois, foi na altura do Natal. Campo Maior tem um festival de flores maravilhoso que gostava um dia de poder fotografar, aqui fiquei-me pelas figuras de tamanho natural do presépio e do Natal.
      Luísa obrigado

      Eliminar
  10. These photos are very beautiful. I like a lot of the the first old building.
    And the colorful houses in the street are very nice.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. The first construction is a castle founded in 1160. We can read a little bit more of its history in the link below...
      https://en.wikipedia.org/wiki/Evoramonte
      Orvokki thank you

      Eliminar
  11. Evoramonte desconheço por completo... pelo que adorei descobrir por aqui, o seu invulgar e fortificado castelo!
    Adorei este tour pelo Alentejo, em modo fotográfico! Belíssimas imagens!!! Adorei tudo... mas fiquei rendida perante o invulgar castelo acima...
    Um grande abraço! E até amanhã, pela fresquinha da tarde... de novo por aqui, eu pelo menos!... :-)
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana as imagens estão razoáveis, Infelizmente não as tirei com a mimha máquina. Ainda bem que gostaste e ficaste a conhecer algo desconhecido, Evoramonte.
      Ana obrigado

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago. Respeito pelo Português (Brasil), mas em desrespeito total pelo Acordo Ortográfico de 90 !!!