Dá a surpresa de ser

Dá a surpresa de ser É alta, de um louro escuro. Faz bem só pensar em ver Seu corpo meio maduro.

Seus seios altos parecem (Se ela estivesse deitada) Dois montinhos que amanhecem Sem ter que haver madrugada.

E a mão do seu braço branco Assenta em palmo espalhado Sobre a saliência do flanco Do seu relevo tapado.

Apetece como um barco. Tem qualquer coisa de gomo. Meu Deus, quando é que eu embarco? Ó fome, quando é que eu como?

10-9-1930 - Poesias. Fernando Pessoa. (Nota explicativa de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1942 (15ª ed. 1995) - 123.

sexta-feira, 8 de outubro de 2021

Beatles (19)

Penúltima Publicação !!!

Foram aqueles que, para além do seu talento, tiveram a sorte comercial do lado deles, mas também Brian Epstein como patrão do grupo que os acompanhou até à sua morte, e ainda George Martin como produtor de muitos dos seus discos e êxitos.

Que sorte temos/tivemos de os poder escutar e se calhar, quando do seu aparecimento. Tudo se modificou em termos populares musicais. Os Beatles foram/são/serão, inquestionavelmente, a banda que mais foi/é/será falada na história da música “pop”. Uma homenagem aqui a dois deles já desaparecidos.. Ao John Lennon e ao George Harrison, um agradecimento dos muitos trechos musicais que escreveram para todos nós e que nos ajudaram nos momentos bons e maus, das nossas vidas.

Aqui, periodicamente, trarei duas músicas, algumas menos conhecidas. Serão à roda de 20 êxitos que aqui exibirei, mas muitas delas, não vão ser aquelas que foram Nº. 1, a nível dos “Tops” mundiais, e que constam de um CD, editado em Portugal para a etiqueta “EMI Records Ltd.” em 2000. A escolha irá ser a minha. Os que são “amantes” deste grupo vão conhecê-las todas de certeza, os que são/foram meros ouvintes do grupo, acredito que hajam algumas que não conheçam.

Canção: The Inner Light

Autor: George Harrison

Single: Lado B de “Lady Madonna”

Ano: 1968

Escrita por George Harrison, foi comercializada no lado B do single “Lady Madonna”. A letra é uma dádiva a um Deus Hindu, do 47º. Capítulo (muitas vezes intitulado em traduções “Viewing The Distant”) do “Taoist Tao Te Ching”. A composição está também disponível na colectânea de compilações de álbuns “Rarities”.

The Inner Light (George Harrison)

Without going out of my door

I can know all things on earth.

Without looking out of my window

I could know the ways of heaven.

The farther one travels,

The less one knows,

The less one knows.

Without going out of my door

I can know all things on earth.

Without looking out of my window

I could know the ways of heaven.

The farther one travels,

The less one knows,

The less one knows.

Arrive without travelling.

See all without looking.

(See all without looking).


Canção: Mother Nature's Son

Autor: Paul McCartney

Álbum: The Beatles (White Album)

Ano: 1968

“Filho da Mãe Natureza”, na sua tradução literal, foi escrita parcialmente na Índia, durante a meditação transcendental, inspirado por um manuscrito dado a Paul por Maharishi Mahesh Yogi, e ainda pela ampla fauna e flora indiana, e outra parte escrita em Liverpool durante uma visita a casa de Jim McCartney, seu pai. O mesmo manuscrito inspirou John a escrever “Child of Nature” que mais tarde se tornaria “Jealous Guy.”

Mother Nature's Son (Paul McCartney)

Born a poor young country boy 

Mother Nature's son.

All day long I'm sitting singing songs for everyone.

Sit beside a mountain stream see her waters rise.

Listen to the pretty sound of music as she flies.

Find me in my field of grass

Mother Nature's son.

Swaying daisies sing a lazy song beneath the sun.

Mother Nature's son.

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Este é a penúltima publicação. Enquanto o Youtube mantiver os vídeos pode ser toda visitada através da etiqueta "Beatles".
      Brancas nuvens negras, obrigado

      Eliminar
  2. Fab Four são uma fonte inesgotável.
    Abraço, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que ainda haverá algumas músicas que não conheço :) !
      Pedro obrigado e bom fim-de-semana

      Eliminar
  3. Nunca cansa ouvir os Beatles!
    Estas não conhecia, são muito bonitas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era o intuito destas publicações trazer algumas músicas, menos conhecidas ou desconhecidas, para alguns de vós.
      Manuela obrigado

      Eliminar
  4. Absolutas desconhecidas para mim. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)... também, muito certamente, não conheço todas as composições dos Beatles !
      Luísa obrigado

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago. Respeito pelo Português (Brasil), mas em desrespeito total pelo Acordo Ortográfico de 90 !!!