A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sábado, 24 de março de 2012

“Filho de peixe” sabe nadar (V)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)            
                  
Um obrigado especial à minha filha !            
                 
Max Frederico Viana (Rio de Janeiro, Janeiro de 1973 – 20xx) - É um cantor, compositor e guitarrista brasileiro. Entre suas influências musicais estão ritmos como “Jazz”, “Soul”, “Black”, “MPB” e “Flamengo”. Max é filho de Djavan e possui ascendência holandesa do lado paterno. Max abandonou a faculdade de Economia para estudar no “Guitar Institute of Technology”, em Los Angeles, onde teve aulas com o exímio guitarrista Scott Henderson. Ao regressar ao Brasil tocou com o cantor de “charme” Edmon, gravou com Zé Ricardo, integrou a banda “Sindicato Soul” durante três anos, ao lado do vocalista Sérgio Lorosa. Fez parcerias com Jair Rodrigues em canções como "Domingo de Verão" e "Prazer e Luz". Em espectáculos de Bernardo Lobo, dividiu o palco com Chico Buarque, Milton Nascimento e Edu Lobo.
Investiu em aulas de canto para defender as músicas que escrevia. Foi em 1998 a partir de “Bicho Solto” que Max passou a participar dos discos e espectáculos do pai, foram três anos de estrada.
Nesse mesmo ano deu início a gravação do que viria a ser o seu primeiro disco solo “No Calçadão”, que devido às gravações de “Milagreiro”, de Djavan, teve de esperar até o ano de 2003. Quatro anos mais tarde gravou “Com Mais Cor”.              
                  
Te Liguei            
          
            
                  
Sai Daqui Tristeza            
                

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.