Dá a surpresa de ser

Dá a surpresa de ser É alta, de um louro escuro. Faz bem só pensar em ver Seu corpo meio maduro.

Seus seios altos parecem (Se ela estivesse deitada) Dois montinhos que amanhecem Sem ter que haver madrugada.

E a mão do seu braço branco Assenta em palmo espalhado Sobre a saliência do flanco Do seu relevo tapado.

Apetece como um barco. Tem qualquer coisa de gomo. Meu Deus, quando é que eu embarco? Ó fome, quando é que eu como?

10-9-1930 - Poesias. Fernando Pessoa. (Nota explicativa de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1942 (15ª ed. 1995) - 123.

sábado, 1 de maio de 2021

Dança (19) Charleston

A Dança é uma das três principais artes cénicas da antiguidade, ao lado do Teatro e da Música (in wikipédia). No Priberam esta é a sua definição gramatical e não só, e na Porto Editora esta é a sua definição gramatical e não só. Achei um tema interessante e decidi trazer aqui as muitas formas de dança, origens, com a ajuda da Wikipédia e do Youtube.

Muitas danças nasceram em África, paraíso dos ritmos e batuques, quando os instrumentos eram rudimentares. Com a escravatura, elas foram levadas para outros continentes e países, nomeadamente, o Brasil, e para outros países latino-americanos. Irão aparecer algumas muito idênticas, embora todas existam na realidade. O que aconteceu, simplesmente, foi a criação de coreografias diferentes, consoante a interpretação dada pelos povos que as cultivaram ou cultivam.

Charleston – É uma uma dança surgida na década de 1920 pouco depois da “Primeira Guerra Mundial”, sendo um divertimento dos cabarés, onde as mulheres dançavam e mostravam mais as pernas porque as saias eram mais curtas e tinham o cabelo cortado “a garçonne”. O nome da dança tem a ver com a cidade de Charleston, no estado da Carolina do Sul. …………….. Mais informação aqui !

1920’s - Charleston Dance

The Charleston - Dance Entertainment by A.Y Dance

How to Dance: The Charleston

12 comentários:

  1. Os meus conhecimentos e prática de dançarina, são posteriores à moda do Charleston, mas todas essas praticantes que vejo nos vídeos, também. Quem sabe, um dia, também eu aprenda? Basta seguir com atenção os passos do último vídeo...:)

    Bom fim-de-semana, Ricardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma das coisas que quis colocar nestas publicações sobre as danças, foi a aprendizagem de como elas devem ser dançadas. Nem sempre encontrei vídeos bons para isso, mas os que aqui pus, ponho ou porei, contêm pelo menos o básico.
      Janita obrigado

      Eliminar
  2. Esta nunca dancei. Nem tentei!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma dança bem engraçada de se ver dançar. Os filmes do anos 20, altura em que ela foi criada, têm grandes coreografias :) !
      Catarina obrigado

      Eliminar
  3. Sempre gostei de ver filmes em que entre esta dança.
    Esta não vou treinar, é demasiado mexida para o meu corpinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também gostei de ver esses filmes. As mulheres dançando o "Charleston", com grandes colares que rodavam ao som da música.
      Manuela obrigado

      Eliminar
  4. Uma dança bem divertida. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nas décadas anteriores ao nosso nascimento, eles divertiam-se imenso. A prova está em muitas danças criadas nessas décadas que por aqui tem estado a passar.
      Luisa obrigado e bem-vinda !... já perguntava a mim mesmo se estaria tudo bem contigo !

      Eliminar
  5. O Charleston foi uma das manifestações culturais dos "loucos anos vinte", após o pesadelo da 1.ª Guerra Mundial e da pandemia de gripe espanhola. Agora, não falta quem profetize que, assim que acabar esta pandemia da Covid-19, viremos a ter uns novos "loucos anos vinte", mas do séc. XXI. A ver vamos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fernando, apesar de não ser muito amigo de loucuras, embora "de são e de louco, todos temos um pouco", seria bom que assim fosse, mas creio que o Mundo está numa fase decadente como o Império Romano. Às vezes, prefiro nem facultar a minha sincera opinião, porque estamos de alguma maneira a receber, lamentavelmente, o troco daquilo que temos feito ao planeta, à natureza e a nós próprios !!!
      Fernando obrigado mais uma vez pelo seu enriquecedor comentário

      Eliminar
  6. Lindos e belos vídeos de boas e fantásticas danças, gostei imenso!!

    ResponderEliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago. Respeito pelo Português (Brasil), mas em desrespeito total pelo Acordo Ortográfico de 90 !!!