Dá a surpresa de ser

Dá a surpresa de ser É alta, de um louro escuro. Faz bem só pensar em ver Seu corpo meio maduro.

Seus seios altos parecem (Se ela estivesse deitada) Dois montinhos que amanhecem Sem ter que haver madrugada.

E a mão do seu braço branco Assenta em palmo espalhado Sobre a saliência do flanco Do seu relevo tapado.

Apetece como um barco. Tem qualquer coisa de gomo. Meu Deus, quando é que eu embarco? Ó fome, quando é que eu como?

10-9-1930 - Poesias. Fernando Pessoa. (Nota explicativa de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1942 (15ª ed. 1995) - 123.

quinta-feira, 29 de abril de 2021

Edward William Elgar (15)

Edward William Elgar (02-06-1857 – 23-02-1934)

Um compositor muito conhecido pelos britânicos, muito menos por cá, com excepção, talvez, desta primeira composição que durante alguns anos foi exibida na televisão portuguesa, quando dos “Henry Wood Promenade Concerts”, os “BBC Proms”.

Pomp and Circumstance March No. 1 in D major ('Land of Hope and Glory'), a Orquestra Sinfónica da BBC, dirigada pelo maestro Sakari Oramo.

Nimrod, extracto de "Variations Enigma", dirigido por Mikko Franck, com a "Orchestre Philharmonique de Radio France". Concerto de Natal gravado a 16 Dezembro de 2016 no "Auditorium de la Maison de la Radio", em Paris.

Dream Children, Opus 43, de 1902, com a "New Zealand Symphony Orchestra", dirigida por James Judd.

Sonata para violino e piano, em E minor, Opus 82, com James Ehnes (violino) e Andrew Armstrong (piano).

6 comentários:


  1. De facto o primeiro tema é muito conhecido. Gosto muito!
    Já vou no segundo e estou a adorar este "Nimrod!".
    Que agradável final de noite.
    Não vou escutar hoje a "Sonata para violino e piano" por ser muito extensa. Fica para amanhã.

    Beijinhos 100nata
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A música sinfónica não pára, tal como os outros géneros musicais. Por esta rúbrica vão passar mais compositores. Alguns menos conhecidos ou mesmo desconhecidos de todos nós.
      Clara obrigado

      Eliminar
  2. Fica a tocar em fundo.
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Realmente só conhecia a primeira.
    Fiquei arrebatada com a música do 2º vídeo!
    Todas muito boas!
    Grata pela partilha , ricardo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conhecemos muito pouco música todos nós. Somente o que nos impingem nós ouvimos. A televisão teria, se quisesse um papel importante na divulgação daquelas artes mais difíceis de serem observadas "in loco".
      Manuela obrigado

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago. Respeito pelo Português (Brasil), mas em desrespeito total pelo Acordo Ortográfico de 90 !!!