A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Eyes Thru Glass (VII) - Trafaria

Aqui neste blogue e no “Eyes thru Glass“ mostro aquilo que os meus olhos vêem, através da objectiva.

Aqui ficarão somente as fotos, sem texto ficcional e sem música, apenas uma breve introdução, onde são tiradas e quando, e eventualmente alguma especificação técnica. Cliquem sobre a primeira foto para poderem vê-las em formato maior.

No dia 27 de Abril de 2014 e no dia 18 de Junho de 2016, andei pela Trafaria. Recolhi algumas fotos dessa vila do concelho de Almada. Nessa freguesia existiu uma “leprosaria” em 1695. Elevada a vila em 1985. Hoje prima por alguns restaurantes agradáveis, estou a lembrar-me de um que gosto, particularmente, a “Taberna do Zé da Lídia”. Come-se muito bem, mas é necessário marcar, o restaurante é muito pequeno.

Tenho algum ligação adicional com esta mesma vila, visto que é lá que fazem nos “Bombeiros Voluntários da Trafaria”, os nossos cursos de reciclagem de “Brigadas de 1ª. Intervenção”.












17 comentários:

  1. OURO DE LEI NA NOSSA TRAVESSA

    Depois de vários lamentos, críticas e, mesmo, de algumas tentativas de agressão originados pelo último texto A velha e o cão cujo final foi abundantemente censurado, publico hoje OURO DE LEI que termina em felicidade risonha e total. Ficaria muito satisfeito se os comentários desta feita fossem mais agradáveis. Peço, ainda, o subido obséquio da divulgação possível desta informação. Muito obrigado.

    Qjs & abçs do Henrique, o Leãozão

    ResponderEliminar
  2. Nunca estive na Trafaria. Lisboa de outro ponto de vista. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A vila está muito deteriorada e abandonad em determinados aspectos. A parai que existia/existe está muito degradada em termos de higiene. A freguesia deveria fazer algo para minorar alguns problemas existentes. A vista para Lisboa é interessante !
      Obrigado Luísa

      Eliminar
  3. Muito bem a tua lente sabe captar o que os teus olhos vêem, Ricardo...:)

    Gostei muito das fotos. Há uma ou outra que gosto mais, mas como nos estás a mostrar um todo, acho que não devo fazer escolhas. Nem é essa a intenção de quem faz posts de fotografia, não é verdade?

    Um abraço, bom feriado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita és livre de escolher as que mais gostas e se quiseres manifestá-lo fá-lo !
      Abraço e bom fim de semana

      Eliminar
  4. Não conheço a Trafaria, fiquei a conhecer através do teu olhar. Abriste-me o apetite e talvez um dia vá até lá e se calhar vou seguir a tua sugestão e vá petiscar à Taberna do Zé da Lídia :)
    Gostei de todas, mas sou uma apaixonada por gaivotas, daí que escolhi essa e 1º lugar.
    Bom feriado Ricardo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai almoçar à Taberna do Zé da Lídia e diverte-te depois a fotografar, num dia com Sol de preferência.
      Obrigado Manuela

      Eliminar
  5. E assim vou passeando por Portugal.
    Sabe muito bem.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que sim Pedro. Longe da tua Pátria e com saudades de certeza !
      Um Abraço

      Eliminar
  6. Uma zona que conheço muito mal. Conheço Almada, conheço a Costa da Caparica, mas não a Trafaria !
    ... Bom. Mas o que mais conta são as fotos e dessas conheço bem o teu "toque" o teu estilo ! :)) ... Gostei muito da 1ª e das duas últimas, Ricardo !

    Abraço ! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui, obrigado pelo comentário e se tiveres oportunidade, vai almoçar à Trafaria ou a Porto Brandão que é mesmo ali pegado. Ambas as localidades têm excelentes sítios para almoçar !
      Grande Abraço

      Eliminar
  7. Também não conheço Ricardo! mas o passeio parece agradável!
    espero que o ambiente seja restaurado para melhor apresentação que dizes que faltará nalguns locais! junto ao Tejo, tudo é fantástico ....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Junto ao rio tudo é Lindo ! A paisagem de uma grande cidade muda quando ela tem um rio por perto. Veja-se Coimbra, Lisboa, Porto, e muitas mais, aqui neste País que é Portugal !
      Obrigado Ângela

      Eliminar
  8. Não conheço a Trafaria e achei as fotos muito giras por nos darem uma perspectiva muito diferente de Lisboa.
    Escolho a quarta pois parece um três em um :)))
    primeiro plano os barcos segundo plano o Edifício escuro que não conheço e o último plano dos prédios.
    bjsss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O edifício que vês é a Torre Controlo do Porto de Lisboa. Podes ver melhor aqui neste link:
      http://www.portodelisboa.pt/portal/page/portal/PORTAL_PORTO_LISBOA/PORTO_LISBOA/SEGURANCA_AMBIENTE/MOVIMENTACAO_NAVIOS/CCTM_VTS
      Obrigado Papoila

      Eliminar

  9. Também nunca fui à Trafaria, apenas lá fui agora através das tuas fotos.

    Estava a olhar para a sexta foto quando me lembrei de uma outra foto tua tirada precisamente do ângulo inverso, uma foto com uns barcos no Tejo com que participaste num dos desafios da Teté. :))

    Gostei muito da tua foto-reportagem. A luz de Lisboa é mesmo especial!
    Beijinhos com as cores do Tejo
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade no concurso da Teté, tirei uma foto no sentido oposto. A luz de Lisboa é uma luz que me dá alegria. Hoje o céu encoberto e amanhã não haverá também Sol, pelo menos é a previsão !!! :(
      Obrigado Afrodite

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.