Lisboa ainda

Lisboa não tem beijos nem abraços, não tem risos nem esplanadas, não tem passos, nem raparigas nem rapazes de mãos dadas, tem praças cheias de ninguém, ainda tem Sol mas não tem nem gaivota de Amália nem canoa, sem restaurantes, sem bares, nem cinemas, ainda é fado, ainda é poemas, fechada dentro de si mesma ainda é Lisboa, cidade aberta, ainda é Lisboa de Pessoa alegre e triste, e em cada rua deserta, ainda resiste

Manuel Alegre, 20 de Março de 2020


quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Eyes Thru Glass (VI) – entre as praias da Torre e Carcavelos

Aqui neste blogue e no “Eyes thru Glass“ mostro aquilo que os meus olhos vêem, através da objectiva.

Aqui ficarão somente as fotos, sem texto ficcional e sem música, apenas uma breve introdução, onde são tiradas e quando, e eventualmente alguma especificação técnica.
Cliquem sobre a primeira foto para poderem vê-las em formato maior.

No dia 24 de Junho de 2014, fiz umas quantas imagens entre as praias da Torre e Carcavelos.







12 comentários:

  1. O céu não muito convidativo para a fotografia. A falta de sol e alguma ligeira nebelina também. No entanto, até talvez por isso, algumas "nuances" curiosas por parte da nuvens !
    Como sempre, boas fotos, Ricardo !

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão Rui, mas quando tenho tempo para fotografar, gosto de ganhá-lo à procura do melhor céu e dos contrastes. Aqui, tirando a primeira foto, que tem um céu interessantes as outras :(, ele está fraquito ! :). Foi no mesmo dia do meu post https://opactoportugues.blogspot.pt/2015/05/patchworks-of-music-glued-iii.html.
      Obrigado Rui, Abraço !

      Eliminar
  2. Vou fazer uma confidência pública:
    Gosto, quando tenho oportunidade, de estrear um post com um comentário meu pois assim não corro o risco de querer dizer algo e já ter sido dito anteriormente por alguém. E logo eu que gosto de ser original.
    Vê lá a ironia que precisamente neste post, com apenas um comentário e uma resposta aconteceu que ambos me roubaram o que eu ia dizer... :D
    Eu reconheci o local da foto do teu "patchworks of music glued" e estava a contar referi-lo e comentar que adoro as tuas fotos com sol pois ficam como testemunha da maravilhosa e especial luz de Lisboa!

    Pronto, sendo assim, vou pregar a outra freguesia.
    Beijinhos originais
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas podes ficar na minha freguesia! Tenho lugar aqui na minha "Capela" para quem cá quiser vir falar e/ou pregar,... e, além disso, eu gosto de ler o que escreves !
      Obrigado Afrodite

      Eliminar
  3. Uma zona que conheço muito mal, confesso.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A zona das praias da Marginal é muito bonita e é meu passeio diário até ao trabalho !
      Obrigado Pedro

      Eliminar
  4. Gosto destas tuas fotos, são do mar que adoro e os tons ora azuis ora mais nublados resultaram num excelente olhar teu.
    Beijos com cheiro a maresia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gostei das tonalidades que estavam na altura e as fotos até ficaram razoáveis !
      Obrigado Manuela

      Eliminar
  5. Céus com nuvens resultam bem nas fotos. Eu gosto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem sombra de dúvida Luísa. Só azul nao chega ! :)
      Obrigado

      Eliminar
  6. Se tivesse de escolher entre as cinco primeiras, não o conseguiria fazer. Todas são muito bonitas.

    Um abraço ao fotógrafo de serviço!

    ResponderEliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago.