Lisboa ainda

Lisboa não tem beijos nem abraços, não tem risos nem esplanadas, não tem passos, nem raparigas nem rapazes de mãos dadas, tem praças cheias de ninguém, ainda tem Sol mas não tem nem gaivota de Amália nem canoa, sem restaurantes, sem bares, nem cinemas, ainda é fado, ainda é poemas, fechada dentro de si mesma ainda é Lisboa, cidade aberta, ainda é Lisboa de Pessoa alegre e triste, e em cada rua deserta, ainda resiste

Manuel Alegre, 20 de Março de 2020


quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Eyes Thru Glass (VII) - Trafaria

Aqui neste blogue e no “Eyes thru Glass“ mostro aquilo que os meus olhos vêem, através da objectiva.

Aqui ficarão somente as fotos, sem texto ficcional e sem música, apenas uma breve introdução, onde são tiradas e quando, e eventualmente alguma especificação técnica. Cliquem sobre a primeira foto para poderem vê-las em formato maior.

No dia 27 de Abril de 2014 e no dia 18 de Junho de 2016, andei pela Trafaria. Recolhi algumas fotos dessa vila do concelho de Almada. Nessa freguesia existiu uma “leprosaria” em 1695. Elevada a vila em 1985. Hoje prima por alguns restaurantes agradáveis, estou a lembrar-me de um que gosto, particularmente, a “Taberna do Zé da Lídia”. Come-se muito bem, mas é necessário marcar, o restaurante é muito pequeno.

Tenho algum ligação adicional com esta mesma vila, visto que é lá que fazem nos “Bombeiros Voluntários da Trafaria”, os nossos cursos de reciclagem de “Brigadas de 1ª. Intervenção”.












17 comentários:

  1. OURO DE LEI NA NOSSA TRAVESSA

    Depois de vários lamentos, críticas e, mesmo, de algumas tentativas de agressão originados pelo último texto A velha e o cão cujo final foi abundantemente censurado, publico hoje OURO DE LEI que termina em felicidade risonha e total. Ficaria muito satisfeito se os comentários desta feita fossem mais agradáveis. Peço, ainda, o subido obséquio da divulgação possível desta informação. Muito obrigado.

    Qjs & abçs do Henrique, o Leãozão

    ResponderEliminar
  2. Nunca estive na Trafaria. Lisboa de outro ponto de vista. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A vila está muito deteriorada e abandonad em determinados aspectos. A parai que existia/existe está muito degradada em termos de higiene. A freguesia deveria fazer algo para minorar alguns problemas existentes. A vista para Lisboa é interessante !
      Obrigado Luísa

      Eliminar
  3. Muito bem a tua lente sabe captar o que os teus olhos vêem, Ricardo...:)

    Gostei muito das fotos. Há uma ou outra que gosto mais, mas como nos estás a mostrar um todo, acho que não devo fazer escolhas. Nem é essa a intenção de quem faz posts de fotografia, não é verdade?

    Um abraço, bom feriado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita és livre de escolher as que mais gostas e se quiseres manifestá-lo fá-lo !
      Abraço e bom fim de semana

      Eliminar
  4. Não conheço a Trafaria, fiquei a conhecer através do teu olhar. Abriste-me o apetite e talvez um dia vá até lá e se calhar vou seguir a tua sugestão e vá petiscar à Taberna do Zé da Lídia :)
    Gostei de todas, mas sou uma apaixonada por gaivotas, daí que escolhi essa e 1º lugar.
    Bom feriado Ricardo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai almoçar à Taberna do Zé da Lídia e diverte-te depois a fotografar, num dia com Sol de preferência.
      Obrigado Manuela

      Eliminar
  5. E assim vou passeando por Portugal.
    Sabe muito bem.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que sim Pedro. Longe da tua Pátria e com saudades de certeza !
      Um Abraço

      Eliminar
  6. Uma zona que conheço muito mal. Conheço Almada, conheço a Costa da Caparica, mas não a Trafaria !
    ... Bom. Mas o que mais conta são as fotos e dessas conheço bem o teu "toque" o teu estilo ! :)) ... Gostei muito da 1ª e das duas últimas, Ricardo !

    Abraço ! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui, obrigado pelo comentário e se tiveres oportunidade, vai almoçar à Trafaria ou a Porto Brandão que é mesmo ali pegado. Ambas as localidades têm excelentes sítios para almoçar !
      Grande Abraço

      Eliminar
  7. Também não conheço Ricardo! mas o passeio parece agradável!
    espero que o ambiente seja restaurado para melhor apresentação que dizes que faltará nalguns locais! junto ao Tejo, tudo é fantástico ....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Junto ao rio tudo é Lindo ! A paisagem de uma grande cidade muda quando ela tem um rio por perto. Veja-se Coimbra, Lisboa, Porto, e muitas mais, aqui neste País que é Portugal !
      Obrigado Ângela

      Eliminar
  8. Não conheço a Trafaria e achei as fotos muito giras por nos darem uma perspectiva muito diferente de Lisboa.
    Escolho a quarta pois parece um três em um :)))
    primeiro plano os barcos segundo plano o Edifício escuro que não conheço e o último plano dos prédios.
    bjsss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O edifício que vês é a Torre Controlo do Porto de Lisboa. Podes ver melhor aqui neste link:
      http://www.portodelisboa.pt/portal/page/portal/PORTAL_PORTO_LISBOA/PORTO_LISBOA/SEGURANCA_AMBIENTE/MOVIMENTACAO_NAVIOS/CCTM_VTS
      Obrigado Papoila

      Eliminar

  9. Também nunca fui à Trafaria, apenas lá fui agora através das tuas fotos.

    Estava a olhar para a sexta foto quando me lembrei de uma outra foto tua tirada precisamente do ângulo inverso, uma foto com uns barcos no Tejo com que participaste num dos desafios da Teté. :))

    Gostei muito da tua foto-reportagem. A luz de Lisboa é mesmo especial!
    Beijinhos com as cores do Tejo
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade no concurso da Teté, tirei uma foto no sentido oposto. A luz de Lisboa é uma luz que me dá alegria. Hoje o céu encoberto e amanhã não haverá também Sol, pelo menos é a previsão !!! :(
      Obrigado Afrodite

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago.