Lisboa ainda

Lisboa não tem beijos nem abraços, não tem risos nem esplanadas, não tem passos, nem raparigas nem rapazes de mãos dadas, tem praças cheias de ninguém, ainda tem Sol mas não tem nem gaivota de Amália nem canoa, sem restaurantes, sem bares, nem cinemas, ainda é fado, ainda é poemas, fechada dentro de si mesma ainda é Lisboa, cidade aberta, ainda é Lisboa de Pessoa alegre e triste, e em cada rua deserta, ainda resiste

Manuel Alegre, 20 de Março de 2020


domingo, 6 de outubro de 2019

Billboard Top 100 - Lugar n.º 79 - Pharrell Williams / Happy

Esta rúbrica trará algumas das 100 melhores músicas consideradas pela “Billboard” (https://www.billboard.com/).

Virão somente aqui aquelas que gosto. Não gosto de “Rap” ou “Hip-Hop”, por isso, as que aqui, do género, aparecerem, é porque gostei de ouvir. Também alguma música, como disse o Salvador Sobral “de plástico”, com “batucada” irritante (para mim, claro !!!), não a mostrarei.
No entanto, deixarei os links do Youtube para quem quiser ouvir as que não colocar aqui, com indicação do Lugar n.º / Intérprete / Composição / Link.





O amigo Fernando Ribeiro partilhou comigo este video...

12 comentários:

  1. Não conhecia a canção, pelo menos não me lembro. Ouvi e gostei muito.
    Um ritmo de dança que mexe connosco.

    Obrigada Ricardo. Bom domingo.

    ResponderEliminar

  2. É engraçado que só agora me apercebi que apesar desta música ser tão conhecida, de já a ter ouvido dezenas de vezes em tudo quanto é lado, talvez só hoje vi o videoclip de uma ponta à outra!
    Uma música com esta batida, com esta energia e positividade estava condenada ao sucesso! Gosto muito... e em vez de bater as palmas como ele diz na letra, fico batendo o pézinho para ficar com as mãos livres para teclar! 😃

    Beijinhos ritmados
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É na realidade uma "batida" muito agradável. Tenho algumas boas recordações quando trabalhava desta música !
      Obrigado Clara

      Eliminar
  3. Embora não seja o meu género de música preferido, gosto deste "Happy". É uma música leve e despretensiosa, que convida a dançar.

    Aproveito a ocasião para chamar a atenção para um vídeo feito em Angola (um pouco por toda a Angola, de norte a sul, e não só em Luanda), em que um povo espontâneo, comunicativo e generoso como nenhum outro, que é o povo angolano (apesar dos seus dirigentes), dança esta música. O vídeo é este: https://www.youtube.com/watch?v=Rd2PUWDir5I.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um acrescendo importante na minha publicação Fernando.
      Obrigado pelo comentário

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago.