Teus olhos contas escuras, são duas Avé Marias, dum rosário d’amarguras, que eu rezo todos os dias. - Fernando Pessoa

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

A Sopa do Pacto (2), músicas

Mafalda Veiga (site oficial) – do álbum do álbum “Pássaros do Sul”, a composição Planície


Paulo de Carvalho (site oficial) – Do Amor, do álbum com o mesmo nome, de 2008.




UHFVejam Bem, do álbum “Porquê ?” de 2010. Original pertence ao álbum “Cantares de Andarilho” de 1968, de José Afonso.


GNRTirana, do álbum “Mosquito” de 1998.

11 comentários:

  1. Respostas

    1. Teresa,
      O Ricardo que me desculpe mas desta vez não resisto em meter a colherada!
      Estás a dizer que para ti o PAULO DE CARVALHO é um ilustre desconhecido? Nunca ouviste falar no nome dele nem uma só música dele conheces!? Um homem com 55 anos de carreira?
      Não sei se ainda estavas em Portugal quando aconteceu o 25 de Abril, mas mesmo que já estivesses nessa altura a viver no estrangeiro, mais tarde ou mais cedo tiveste de certeza conhecimento de tudo o que aconteceu por cá e como aconteceu. E trouxe o 25 de Abril à conversa porquê? Porque foi precisamente a música «E depois do Adeus» do PAULO de CARVALHO que foi usada como senha , transmitida pela rádio, para dar início à Revolução Militar. Não acredito que tu, pessoa sempre tão interessada em política e cultura, te tenha passado em branco um marco e uma referência cultural tão importante.

      Agora peço-te a ti desculpa pelo desabafo e confidência que aqui vou fazer, mas custa-me ver o teu constante desinteresse (para não dizer desprezo) pelos valores culturais do país que te viu nascer, país onde tens as tuas raízes, onde estudaste e ainda viveste alguns anos, cuja língua falas e escreves ... mas que acerca do qual (com excepção do FCP) não te identificas com rigorosamente mais nada.

      Beijos de alma sincera e transparente

      Eliminar
    2. Teresa fico sem saber o que te dizer se estes, principalmente o Paulo de Carvalho, são para ti ilustres desconhecidos. Bem ao menos sei que por aqui no "Pacto" vais ouvindo música portuguesa !!!
      Obrigado

      Eliminar
    3. A minha publicacão de hoje responde aos vossos comentários.

      Tenho uma quantidade doida de CDS que me ofereceram e eu nunca ouvi. Entre eles está também esse Paulo de Carvalho. Como também GNR.

      A canção da Revolução dos Cravos é, para mim, Grândola Vila morena.

      Embora pague €90 por um bilhete para ir à ópera, nunca ouço música. Não gosto de música de conserva, só ao vivo.

      Abraço a Clara e o Ricardo, pedindo desculpa de chamar a esses músicos "ilustres desconhecidos" em vez de "conhecidos mas não amados" 🐦

      Eliminar
  2. Gosto de todas as tuas escolhas, mas neste caso, o primeiro lugar vai para a Mafalda Veiga, talvez pelo impacto que teve em mim, quando comecei a conhecer o reportório dela.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São todos grandes da música portuguesa, com destaque para o Paulo que tem protagonizado uma carreira impressionante na música portuguesa.
      Obrigado Manuela

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Fica para o próxima Pedro, que tem uma sopa com artistas do mundo da música rock e pop alemã !
      Abraço Pedro

      Eliminar

  4. As escolhas não devem ter sido fáceis... já que havia tanto por onde escolher.
    Gosto de todas elas!

    Beijinhos em Português
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os portugueses irão voltar, obviamente, vai haver fado, pop, rock, ligeira, clássica, de vários países. O próximo será em alemão e depois logo direi !
      Obrigado Clara

      Eliminar
    2. Morro de curiosidade pelo próximo em alemão.

      A minha loucura | paixão pela ALEMANHA é uma herança do meu pai 🐦

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago.