Dá a surpresa de ser

Dá a surpresa de ser É alta, de um louro escuro. Faz bem só pensar em ver Seu corpo meio maduro.

Seus seios altos parecem (Se ela estivesse deitada) Dois montinhos que amanhecem Sem ter que haver madrugada.

E a mão do seu braço branco Assenta em palmo espalhado Sobre a saliência do flanco Do seu relevo tapado.

Apetece como um barco. Tem qualquer coisa de gomo. Meu Deus, quando é que eu embarco? Ó fome, quando é que eu como?

10-9-1930 - Poesias. Fernando Pessoa. (Nota explicativa de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1942 (15ª ed. 1995) - 123.

terça-feira, 24 de agosto de 2021

Cruzadas (1) participantes e soluções

Participaram:

1- Janita

2- Clara

3- Pedro Coimbra

4- Catarina

10 comentários:

  1. Ricardo.
    Gostei imenso desta tua nova rubrica, até porque adoro fazer palavras cruzadas.
    Vou ficar à espera do teu próximo Passatempo.
    Obrigada por estes bons momentos.
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  2. Oi Ricardo
    Não enviei o e-mail porque não consegui completar as cruzadas.
    Vim logo conferir, acertei a maioria mas não adiantava enviar incompleta.
    Eu gosto das Palavras Cruzadas_ achei um pouco complexa essa -mas valeu.
    Na proxima vou ser mais feliz, rs
    abraços Ricardo e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para a próxima conseguirás resolver tudo :) !
      Lis obrigado

      Eliminar
  3. Tb gostei da nova rubrica.
    Espero pela seguinte.
    : )

    ResponderEliminar
  4. Vim agradecer-te.

    Gostei mesmo muito desta tua nova rubrica. Há "séculos" que não fazia palavras cruzadas e vieste voltar-me a despertar "o bichinho". ☺️

    Beijinhos aos quadradinhos.
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dá algum trabalho, porque não são as "palavras cruzadas" não são copiadas, são feitas mesmo por mim. Evito ao máximo copiar seja o que for, e quando sou obrigado a fazê-lo indico a fonte. Vamos ver se é compensador este passatempo.
      Clara obrigado

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago. Respeito pelo Português (Brasil), mas em desrespeito total pelo Acordo Ortográfico de 90 !!!