Dá a surpresa de ser

Dá a surpresa de ser É alta, de um louro escuro. Faz bem só pensar em ver Seu corpo meio maduro.

Seus seios altos parecem (Se ela estivesse deitada) Dois montinhos que amanhecem Sem ter que haver madrugada.

E a mão do seu braço branco Assenta em palmo espalhado Sobre a saliência do flanco Do seu relevo tapado.

Apetece como um barco. Tem qualquer coisa de gomo. Meu Deus, quando é que eu embarco? Ó fome, quando é que eu como?

10-9-1930 - Poesias. Fernando Pessoa. (Nota explicativa de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1942 (15ª ed. 1995) - 123.

sexta-feira, 14 de maio de 2021

A Sopa do Pacto (22), músicas

Porque gosto de música francesa, por ser bonita e melodiosa e não me irrita os tímpanos !!!

Nana Mouskouri (Grega) – Plaisir d'Amour, escrita em 1784 por Jean-Paul-Égide Martini.

Georges Moustaki (Egípcio) – Le Méteque, escrita por ele em 1969.

Sylvie Vartan (Búlgara) – La Plus Belle Pour Aller Danser, lançado em EP em 1964 e escrita por Charles Aznavour e Georges Garvarentz.A canção era o tema do filme “Cherchez l'idole”, onde ela entrou.

Dalida (Egípcia) – Je Suis Malade, escrita por Serge Lama, em 1973, esta canção marca um dos momentos altos da carreira de Dalida. No entanto, esta mesma composição, dava a conhecer o seu estado de espírito, após três casamentos muito complicados, com três homens suicidas. Diz-se que ela própria teria dito um dia: "Todos os homens que amo suicidam-se... sou maldita!". Em 1987, com 54 anos, Dalida suicida-se.

13 comentários:

  1. La Méteque é top!!!
    Abraço, bfds

    ResponderEliminar
  2. Música francesa também nunca me irritou os tímpanos, aliás, era a que mais cantava na minha juventude.
    Excelente leque de músicas!

    ResponderEliminar
  3. Sabes, Ricardo? Estive tentada a perdir-te que publicasses "O Estrangeiro" do Georges Moustaki, mas não o quis fazer. Afinal, leste-me o pensamento!
    Adoro, esta canção, adoro! Tanto cantada em francês, quanto na versão portuguesa em que Moustaki se esforça por pronunciar e até consegue razoavelmente bem.
    Há pessoas que deveriam ser eternas...

    Adorei esta Sopa e as canções que trouxeste. Todas!
    Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita ainda bem que gostaste das músicas que escolhi.
      Obrigado

      Eliminar
  4. Não me recordo desta cantora.
    Também gostava muito das canções francesas.
    Apesar de viver num país com duas línguas oficiais e termos acesso a dois canais de televisão na língua francesa aqui na região onde vivo, não estou familiarizada com cantores/cantoras que cantam em francês. Tenho que prestar mais atenção ao que se passa no Quebeque quanto a música...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Iolanda Cristina Gigliotti, mais conhecida por Dalida!
      Já não gostas da canções em francês ?
      Penso que o gosto pela canção francesa, é óbvio que tem um pouco a ver, com o nosso gosto por francês. Se gostamos desta maravilhosa língua, vamos certamente apreciar de uma maneira diferente as composições vocais francesas.
      Catarina obrigado

      Eliminar
    2. Eu disse que gostava muito das canções francesas porque as ouvia (ouvíamos) muito na altura em que vivi em Portugal. Elas faziam parte da nossa cultura, tal como os filmes franceses. Continuo a gostar só que não as oiço na rádio quando conduzo (a única vez que oiço rádio). Não fazem propriamente parte da cultura musical desta província. Ouvimos mais música americana até do que canadiana. Gosto ainda de falar francês com quem fala esta língua – ou são do Quebeque ou são professores de francês).
      Devo acrescentar que ambas as línguas são lecionadas nas escolas e parte de alguns programas tanto a nível elementar como a nível secundário são dados em francês em algumas escolas inglesas, a que chamamos “Programas de Imersão em Francês”.

      Eliminar
    3. Pois o Canadá tem, o inglês e o francês como línguas obrigatórias no ensino. Por isso, não há como perder a vontade, ou o prazer de ouvir composições francesas.
      https://www.youtube.com/watch?v=3GZRTm9-tz0
      https://en.wikipedia.org/wiki/Madeleine_Peyroux
      Catarina obrigado

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago. Respeito pelo Português (Brasil), mas em desrespeito total pelo Acordo Ortográfico de 90 !!!