Lisboa ainda

Lisboa não tem beijos nem abraços, não tem risos nem esplanadas, não tem passos, nem raparigas nem rapazes de mãos dadas, tem praças cheias de ninguém, ainda tem Sol mas não tem nem gaivota de Amália nem canoa, sem restaurantes, sem bares, nem cinemas, ainda é fado, ainda é poemas, fechada dentro de si mesma ainda é Lisboa, cidade aberta, ainda é Lisboa de Pessoa alegre e triste, e em cada rua deserta, ainda resiste

Manuel Alegre, 20 de Março de 2020


sexta-feira, 22 de maio de 2020

A Sopa do Pacto (14)

“A Sopa do Pacto” é a nova rúbrica, baseada basicamente no passatempo “Sopa de Letras”. Conterá sempre um quadrado, como figura geométrica, de 10x10, e as palavras a adivinhar estarão colocados nas posições utilizadas na “sopa de letras”, horizontal, vertical e diagonal, em ambos os sentidos. 

A “sopa” serão quase sempre 4 artistas do foro musical.

Terão de me enviar por mail (ricardosantos1953@gmail.com) o puzzle totalmente solucionado ou o que conseguiram encontrar até ao final do prazo limite, indicando onde se encontram os 4 artistas.

O tempo limite para resolverem a “sopa”, será de 48 horas. Desta vez, são 3 (três) compositores alemães e 1 (um) austríaco, e isto já ajuda. Dúvidas serão aqui respondidas nos comentários.

Terminadas as 48 horas, publicarei as respostas e as obras dos respectivos compositores

Desta vez sou eu que escolho as obras.

A “Sopa do Pacto” número 14:


Na data limite 24-05-2020 às 20:00, publicarei as soluções; No dia 25-05-2019 às 00:00, publicarei as músicas

20 comentários:

  1. Boa noite, Ricardo.

    Enviei, se certo ou não, não sei!

    Fica bem e diz de tua justiça.

    Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que te falta em metade, é um dos mais conhecidos ! :)
      Obrigado Janita

      Eliminar
  2. Comigo é quase sempre assim, escapam-me as coisas mais óbvias e fáceis. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um dos mais conhecidos?
      Eles são todos conhecidos e mais que conhecidos, até mesmo o austríaco.

      Eliminar
    2. Eu sei, Teresa, e não me foi difícil descobri-los, mas a um último não havia maneira de dar com o apelido na grelha. Gosto de fazer referência à linha em que se encontram os nomes e em que posição, percebes?

      Abraços.

      Eliminar
  3. Todos:

    São compositores alemães e austríacos!!!
    Peço desculpa pelo meu lapso!

    ResponderEliminar
  4. Vou tentar, Ricardo, embora neste momento, não possa mandar @-mails.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já descobri dois nomes: um alemão e um austríaco. Vamos ver, se recebo a minha tablet a tempo, porque não tenho acesso à caixa dos @-mails através do computador.

      Eliminar
    2. Já descobri os quatro nomes!!!!
      Esta música é a minha praia.
      Que chatice, não poder participar.
      Em que dia termina o prazo?

      Eliminar
    3. Não sei, se é imprudente dizer uma coisa, Ricardo.
      Os compositores são 3 alemães e só um é que é austríaco.
      Esta sopa foi fácil, porque tu escolhestes os meus deuses musicais. Até mesmo da música do austríaco gosto.

      Eliminar
    4. Pronto, Ricardo, aventurei-me e mandei @mail, através do computador.
      Nunca participo na sopa de letras, porque são sempre ilustres desconhecidos. Desta vez, foi de caras, portanto tinha de participar. Porra!!!

      Eliminar
    5. Teresa, o Mozart nasceu em território alemão (Arcebispado de Salzburgo, pertencente ao Sacro Império Romano, nome oficial do domínio dos Imperadores Romano-Alemães, do final da Idade Média), na altura, hoje território austriaco. Actualmente, não penso que isso seja importante para este verdadeiro génio da música mundial.

      Eliminar
    6. Para ti não é importante, mas é muitíssimo importante para os alemães!!! Não precisas de ir buscar a História da Idade Média, quando MOZART nasceu, Salzburgo era território alemão. Basta!!!

      Caso os alemães digam que o Fernando Pessoa era espanhol, gostavas??? Eu ficava piúrsa.

      Eliminar
    7. Claro que não gostava, mas então devia ser de alguma maneira evidenciado isso, já que muito se diz, erradamente, que ele nasceu na Áustria.

      Eliminar
  5. Não me puxes os cabelos, Ricardo, este comentário é o último!!!
    Diz se recebeste o meu @mail AQUI. Não me respondas por @mail.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recebi e tens tudo certo!
      Obrigado Teresa

      Eliminar
    2. Lamento, mas não pude responder-te mais cedo. Como deves calcular todos nós temos as nossas vidas. O meu blogue está em segundo ou terceiro lugar, no entanto respeito sempre os meus compromissos. A data de fim desta Sopa, como vem sempre no início da publicação, é de 48 horas, por isso termina amanhã às 20:00.
      Obrigado Teresa

      Eliminar
  6. Olá Ricardo
    Como sabes tenho alguma dificuldade em participar na Sopa, mas vou tentar.
    Até agora só descobri um.
    Bom domingo!

    ResponderEliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago.