Teus olhos contas escuras, são duas Avé Marias, dum rosário d’amarguras, que eu rezo todos os dias. - Fernando Pessoa

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Glenn Miller Orchestra – Groups & Soloists of Jazz (31)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Glenn Miller Orchestra (Abril de 1938 – Setembro de 1942) – É/foi/será uma das mais famosas bandas de jazz de sempre. Infelizmente, com a morte prematura de Glenn Miller, num acidente de aviação em 1944, quando voava de Inglaterra para França, perdemos a sua eloquência e a sua genialidade como compositor.
A “Glenn Miller Orchestra” continuou a gravar e a apresentar-se com vários chefes de orquestra, permanecendo até hoje, dando espectáculos pelo Mundo inteiro. O actual trombonista, Larry O'Brien, lidera a banda.

I've Got a Gal in Kalamazoo, com Marion Hutton, “The Modernaires”, Nicholas Brothers, Tex Beneke, Jackie Gleason and Cesar Romero.







16 comentários:

  1. Intemporais!!!!
    Obrigada Ricardo por me fazeres recordar! Quem diria que nós, tendo nascido muitos anos depois dele ter falecido, iriamos dançar ao som de In the Mood! ; )) Quero dizer, eu dancei. Tu nao sei! : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade intemporais! Tempos em que os musicais norte-americanos "dominavam" a cena musical mundial. A orquestra do Glenn Miller e o seu som, era na realidade uma "pedrada no charco" !
      Eu sou mau dançarino, mas nunca dancei, enm tentei o som Glenn Miller !... já danço mal "slow" quanto mais "quick step" ! :)
      Obrigado Catarina

      Eliminar
  2. Adoro. Hoje já não dá para a audição completa. Vou ter de voltar a este post. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Voltas quano tiveres tempo porque vale a pena ouvir estas músicas, vezes sem conta !
      Obrigado Luísa

      Eliminar
  3. Talvez por ser o tema que mais associo a Glenn Miller e melhor conheço, Moonlight Serenade, foi a que mais gostei de ouvir.
    Há temas que resistem à passagem de gerações e gerações.

    Boa noite e obrigada, Ricardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há temas que perdurarão para sempre ! São e serão ouvidas sempre por muitas gerações !
      Obrigado Janita

      Eliminar

  4. Óh páh... ouvir o "In The Mood" à hora de ir para cama é sinónimo de que amanhã vou acordar com esta música na cabeça! É de uma alegria contagiante! Estou como o Pedro, impossível não ficar a bater o pezinho! 😃
    Fantástica colecção!
    Mas de manhã volto cá para as ouvir todas de novo e começar bem o dia.

    Um beijinho e até amanhã
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Glenn Miller tem pelo menos 6/10 temas intemporais, como frisou a Catarina. "In The Mood" é um deles. É também um dos que mais aprecio! Tivesse eu notas de conto das vezes que já o ouvi :))) !!!
      Obrigado Clara

      Eliminar
  5. «Recordar é viver», lá diz o povo.
    Ricardo, a esta tua publicação eu dou nota 20!
    Tanto eu dancei tudo isto... Obrigada pelas boas lembranças ritmadas.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A nota 20 é para o Glenn Miller e para a sua orquestra. Ainda hoje, uma nova orquestra Glenn Miller faz as delícias dos seu ouvintes, nos vários países que visita !
      Obrigado Teresa

      Eliminar
  6. Temas que me são familiares... pois apesar de não serem da minha geração... também eram das preferências musicais e cinematográficas dos meus pais...
    Adorei o post! Um grande abraço!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temas que perdurarão para sempre na memória de muitos, mesmo nas gerações mais recentes. Boa música !
      Abraço e obrigado Ana

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago.