Dá a surpresa de ser

Dá a surpresa de ser É alta, de um louro escuro. Faz bem só pensar em ver Seu corpo meio maduro.

Seus seios altos parecem (Se ela estivesse deitada) Dois montinhos que amanhecem Sem ter que haver madrugada.

E a mão do seu braço branco Assenta em palmo espalhado Sobre a saliência do flanco Do seu relevo tapado.

Apetece como um barco. Tem qualquer coisa de gomo. Meu Deus, quando é que eu embarco? Ó fome, quando é que eu como?

10-9-1930 - Poesias. Fernando Pessoa. (Nota explicativa de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1942 (15ª ed. 1995) - 123.

terça-feira, 23 de abril de 2019

Ida ao Talho - Interacção Humorística (185)

Em 31-01-2013. Obrigado.

Ida ao Talho

Diz um galo para o outro:

- Vamos ao talho ?

Com um ar aterrorizado, o outro pergunta aflito:

- Fazer o quê ???

- Dahhhh….ver as galinhas nuas !!!

10 comentários:


  1. hehehehe
    Pervert...

    Curtinha mas muito boa esta anedota!
    (^^)

    ResponderEliminar
  2. Pornografia alimentar!!! :))))

    ResponderEliminar
  3. Ahhhh! :)

    Estamos todos de bom humor, e isso é muito bom!

    Os galos vão cair na armadilha, no engodo do ser humano :) :)


    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o talhante vai-lhes cortar o pescoço ! :))
      Obrigado mz

      Eliminar
  4. Mal eles imaginam no que se vão meter!
    Ahahah..vão sair depenados e fiquei a rir :) :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vão ficar lá também nuzinhos !!! :))
      Obrigado Manuela

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago. Respeito pelo Português (Brasil), mas em desrespeito total pelo Acordo Ortográfico de 90 !!!