Dá a surpresa de ser

Dá a surpresa de ser É alta, de um louro escuro. Faz bem só pensar em ver Seu corpo meio maduro.

Seus seios altos parecem (Se ela estivesse deitada) Dois montinhos que amanhecem Sem ter que haver madrugada.

E a mão do seu braço branco Assenta em palmo espalhado Sobre a saliência do flanco Do seu relevo tapado.

Apetece como um barco. Tem qualquer coisa de gomo. Meu Deus, quando é que eu embarco? Ó fome, quando é que eu como?

10-9-1930 - Poesias. Fernando Pessoa. (Nota explicativa de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1942 (15ª ed. 1995) - 123.

domingo, 21 de abril de 2019

Fausto Dias – Nascidos Aqui (21)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Fausto Bordalo Dias (site oficial) (26-11-1948) – Escolhi quatro composições, e três delas talvez do seu álbum mais representativo e que fez um sucesso estrondoso quando editado. Digno de um espectáculo, no Coliseu dos Recreios que não vi. Ainda hoje posso dizer que “torço a orelha e não deito sangue” por não ter assistido a essa apresentação do álbum “Por Este Rio Acima”, na década de 80.

Olha o Fado, do álbum “Por Este Rio Acima”, de 1982.


Lembra-me um Sonho Lindo, do álbum “Por Este Rio Acima”, de 1982.


A Voar Por Cima Das Águas, do álbum “Por Este Rio Acima”, de 1982. Soube mais tarde que no Coliseu este composição pôs o pessoal a dançar... .


Foi Por Ela, do álbum “Para além das Cordilheiras”, de 1987.

8 comentários:

  1. Sempre gostei de o ouvir, mas também sempre achei estranho que, quer ele quer o José Mário Branco, nunca terem tido a mesma projecção do Sérgio Godinho.
    E menciono os três, porque sempre os associei muito, talvez pelos projectos que tiveram a três !?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O úlitmo projecto deles foi algo relativamente recente. Os percursos dos três foram diferentes. São todos excelentes músicos, intérpretes e compositores. De qualquer maneira sempre achei (opinião pessoal) que o Zeca Afonso foi a grande referência em termos de união de todos eles !
      Obrigado Rui

      Eliminar
  2. Sou fã incondicional do Fausto e não é de agora!
    Gosto dele, gosto das suas composições e das letras, da sua voz e, muito especialmente, dos temas do álbum "Por Este Rio Acima".
    Foi um prazer reouvir estes belos temas.
    Obrigada por o trazeres aqui novamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostaste de ouvir. Ele já andou por aqui em 16 de Março de 2017.
      Obrigado Janita

      Eliminar

  3. Também gosto imenso dos temas do Fausto! Os álbuns "Por este rio acima" e "O despertar dos alquimistas" são os que conheço mais a fundo já que foram meus companheiros durante o período do meu Secundário, uma altura em que eu ouvia imensa Rádio e, como tinha um gravador de cassetes, gravava todas as músicas dele que conseguia apanhar.
    Hoje em dia é mais fácil... encontra-se quase tudo o que se quer na Net e já nem é preciso termos a música em suporte físico.

    Mais uma excelente publicação desta rubrica dos "Nascidos Aqui".
    Beijinhos voando por cima das águas
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje muitas coisas se banalizaram, o que se é bom por um lado, visto que temos acesso a muito mais informação, também tem o lado negativo visto que nos dispersamos muito mais e temos muitas vezes de fazer um esforço para nos concentrarmos a apreciar devidamente algo.
      Somos "invadidos" em demasia pelos media !!! :(... é preciso controlar isso !
      Obrigado Clara

      Eliminar
  4. Sempre gostei do Fausto e como diz a Clara, ouvia muita rádio e cantarolava os temas dele.
    Uma excelente partilha Ricardo!

    ResponderEliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago. Respeito pelo Português (Brasil), mas em desrespeito total pelo Acordo Ortográfico de 90 !!!