A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

segunda-feira, 20 de março de 2017

Reconstruação do Pavilhão Carlos Lopes

Antes: “Os Abandonados foram conhecer a história.”

E este tem uma história de antes e depois do 25 de Abril. Erigido no Brasil, quando da Exposição Universal do Rio de Janeiro em 1922.
Não são saudosismos, são História de Portugal, mais Respeito por ela !!!


Depois: Reconstrução do Pavilhão Carlos Lopes e sua inauguração

16 comentários:

  1. é sempre bom não deixar destruir o património :)))
    também vi e gostei Ricardo :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes diz-se simplesmente "Haja Deus" e vontade de ...
      Obrigado Ângela

      Eliminar
  2. Uma "peça" de arquitectura lindíssima !!! ...
    Estive lá por volta de 1955 e emocionou-me sentir que estava no local onde tínhamos sido Campeões do Mundo em Hóquei em patins, a modalidade desportiva em que era mais utilizado ! ... Pavilhão Carlos Lopes remodelado após 84 o que não foi muito auspicioso, porque aos poucos foi-se deixando degradar o seu interior !

    Felizmente, houve o bom senso de o remodelar agora e re-inaugurado há cerca de um mês (espero que definitivamente), pondo fim aquele estado de (nova) degradação de que foi vítima uma segunda vez !
    A sua beleza, não só arquitectónica do edifício, a sua localização tão "nobre" e as memórias que guarda justificam plenamente a obra agora feita !

    Abraço, Ricardo !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem fazes ideia o que era subir o Parque Eduardo VII e deparar com aquele abandono, embora do lado de fora, não se visse a ruína interna, era muito triste ver algo que nos projectou na História e cito o que disseram no 1º. video que publiquei sobre o assunto do excelente programa "SIC Abandonados", onde se contava "...este foi erigido no Brasil, quando da Exposição Universal do Rio de Janeiro em 1922"...
      Fico felicíssimo desta reconstrução e o grande Carlos Lopes, não merecia outra coisa, nem nós Portugueses !

      Obrigado e um Abraço Rui

      Eliminar
  3. Também vi! É tão bom ver as remodelações e muito triste a degradação!

    Boa semana Ricardo.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, foi recuperado um dos símbolos com grande importância na nossa História desportiva e não só !
      Obrigado Adélia e Abraço

      Eliminar
  4. Fui lá em 66. Nunca mais lá voltei e fiquei surpreendida quando vi ao estado a que chegou.
    Que bom que o recuperaram.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todo o nosso Património Histórico e obviamente Cultural é pertença de todos nós e das gerações que hão-de vir, os nossos filhos, netos, bisnetos... temos Obrigação de lhes deixar as nossas marcas !!!
      Obrigado Elvira

      Eliminar
  5. Que bom!! Estava miseravelmente abandonado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade Graça... estava mesmo "Abandonado" !
      Obrigado

      Eliminar
  6. E esse está cheio de história e estórias.
    Que seja respeitado e preservado.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  7. É espantoso ver o antes e o depois.
    Felizmente foi remodelado, haja sensibilidade para o manter em bom estado.

    Beijos Ricardo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho recordações dos saraus feitos lá do Clube Atlético de Alvalade onde os meus filhos faziam ginástica.
      Obrigado Manuela

      Eliminar
    2. Tenho recordações dos saraus feitos lá do Clube Atlético de Alvalade onde os meus filhos faziam ginástica.
      Obrigado Manuela

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.