Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Patchworks of Music Glued (I)

A luz “começou em frestas”. Sempre insatisfeita, leva-nos a lugares distantes, para além do horizonte. Veste-se de dia, radiante, amarelada... e de noite, transporta-se num manto branco artificial através da imensa escuridão.





Foto minha, "batida" no dia 3 de Janeiro, na Foz do Arelho.

Música, do "Pat Metheny Group", extraída do álbum “Secret Story”, de Julho 1992, para a etiqueta “Geffen”. A composição “Sunlight”, composta por Pat Metheny.

16 comentários:


  1. Vou ser-te franca: entrei aqui já há um bom pedaço mas fiquei sem palavras a admirar esta tua foto ao (quase) pôr do sol. A foto e a música, claro!
    Já estou a bisar... Metheny é Metheny... e mai nada!!

    A tua "manta de retalhos" de texto, fotografia e música expressam emoções... as tuas... que agora partilhas e podem ser sentidas por quem te lê, vê e ouve.

    Muito bom!
    Está de parabéns esta tua nova rubrica.


    Beijinhos Methenyzados
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois espero ter inspiração por palavras, para a minha inspiração fotográfica. Fotos vou tendo muitas para mostrar, algumas ainda em pensamento. Elas irão ilustrar as minhas palavras e as músicas de Pat Metheny. Espero que gostem do que vão ver e ouvir !

      Obrigado Afrodite

      Eliminar
  2. Foto e banda sonora cinco estrelas, Ricardo!
    Aquele abraço, votos de bfds

    ResponderEliminar
  3. Adoro fotografar e passo muito tempo na net a ver sites de fotografias, esta sua está linda !!!
    Parabéns pela excelente inspiração para a introdução da foto.
    A música, o remate perfeito.

    beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fotografar sempre foi de há muitos anos a esta parte, um dos meus passatempos preferidos. Infelizmente anos houve em que a fotografia era demasiado cara, além disso as máquinas analógicas ainda tornavam tudo mais caro. Sim é verdade, papel é papel !!! Mas hoje com as máquinas digitais podemos fazer fotografia sem preço algum, simplesmente o custo do empate de capital a comprar uma câmara. Mas a fotografia não perdeu os seus encantos, nada disso. Eu continuo fascinada por ela e o que tiro e que mostro não sofreu alterações algumas com "software". É o que "bato" é o que fica !

      Obrigado Fê

      Eliminar
  4. Belíssima imagem! Parabéns! Há muito talento por aí :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem sempre acontece, mas correu bem desta vez.
      Obrigado Pusinko

      Eliminar
  5. Este "Patchworks of Music Glued" promete, Ricardo ! ... Não seria de esperar outra coisa, meu amigo ! :))

    Abraço e bom resto de domingo !
    :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São precisas algumas condições, como tudo na vida, para que as fotografias saiam bem. Enquadramento, modelo (caso haja !), e também vontade pessoal de "bater" uma boa foto. Como em tudo na vida, há que empregar um pouco de amor nas coisas que gostamos de fazer.

      Um Abraço e obrigado Rui

      Eliminar
  6. UAU!!!!Que foto encantadora!ADOREI! Valeu muito! abraços, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O momento foi feliz sim e a foto saíu razoável !

      Obrigado Rejane

      Eliminar
  7. Voltei pra te avisar que acabou de entrar esse teu lindo céu lá, claro, com teu link!

    Obrigadão! Podes ver aqui: abraços, chica

    http://ceuepalavras.blogspot.com.br/2016/05/ceu-de-ricardo-santos.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já lá fui ver e gostei do teu pequeno texto !
      Obrigado

      Eliminar
  8. Que bela surpresa e a triplicar, porque uma foto tão linda como esta foi tirada aqui perto de mim, depois a música um must e as palavras sentidas...adorei!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manuela às vezes corre bem ! :)
      Já publiquei três desta nova rúbrica, por sinal existe outra foto que gosto mais. Se esta correu bem a outra ficou excelente, modéstia à parte. É aquele tipo de foto que eu chamo retalhos, por causa dos vários padrões existentes. Procura na mesma etiqueta as duas que faltam.
      Obrigado Manuela

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.