A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Duas composições dos álbuns mais vendidos (III)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Se os AC/DC não faziam o meu género, este grupo é definitivamente, um dos grupos que mais apreciei, desde sempre.

GBR, Pink Floyd, “Brain Damage” e “Us and Them”, The Dark Side Of The Moon, 24/03/1973, Rock Progressivo

Editado 24/03/1973, faz hoje precisamente 41 anos que veio para o mercado. Ainda tenho uma versão “vinil” comprada numa discoteca (na minha época era um local onde se vendiam discos !), como dizia, numa discoteca galesa e que chegou às minhas mãos no dia 18 de Fevereiro de 1974 (há 40 anos !). Um álbum extremamente crítico da sociedade mundial. Escolhi duas músicas, talvez menos conhecidas, porque gosto de todo o álbum. Ambos os vídeos aqui apresentados pertencem ao álbum DVD “Pulse”, e as músicas acabam abruptamente, porque são seguidas logo por outras.

Brain Damage


Us and Them

6 comentários:

  1. Só me lembra de um filme de 1990 com o título The Dark Side Of The Moon.

    The Dark Side Of The Moon do grupo Pink Floyd já ouvi falar, mas não me lembra de a ter ouvido alguma vez.

    Agora vou ouvir: Brain Damage / Us and Them.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se gostas de Pink Floyd. Não acredito que o "Rock" faça o teu género, mas se gostas do género, deves ouvir o álbum, quando puderes.
      Obrigado Teresa

      Eliminar
  2. The Wall é um álbum de culto, Ricardo.
    Os outros são muito bons, The Wall é fenomenal!
    Aquele abraço e votos de boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estamos ambos de acordo. Os Pink Floyd foram "uma pedrada no charco" na época em que emergiram foram de uma grande proficuidade e fecundidade, passo as expressões.
      Obrigado Pedro

      Eliminar
  3. Gosto muito e também andam cá por casa!
    Mas... tens que voltar aos AC/DC! :)

    Beijinhos Marianos, Ricardo! :)

    ResponderEliminar
  4. Os AC/DC não são definitivamente a minha onda. Prefiro "surfar" com os Deep Purple ou os Who !
    Obrigado Maria

    ResponderEliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.