A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Jazz Standards (CXI)

(Dados Biográficos In Wikipédia e In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

(Sobre o tema em questão, algumas palavras retiradas de “in
http://www.jazzstandards.com/compositions/index.htm” - adaptação e tradução por Ricardo Santos)

Nature Boy (#115) - Música e Letra de Eden Ahbez
Nat "King" Cole apresentou esta melodia fora de comum, baseada numa canção “Yiddish” com o título "Schwieg Mein Hertz" (Be Still My Heart), em 1948, e a composição subiu ao primeiro lugar nas tabelas de vendas, e lá permaneceu,  durante 18 semanas:

Nat "King" Cole (1948, vocal, Nº. 1)
Frank Sinatra (1948, vocal, Nº. 7)
Sarah Vaughan (1948, vocal, Nº. 9)
Dick Haymes (1948, vocal, Nº. 11)

O compositor de "Nature Boy", Éden Ahbez, nasceu Alexander Aberle, em Brooklyn, no ano de 1908. A partitura original da canção mostra uma foto de Ahbez, com cabelo comprido e barba, parecendo Cristo, altamente invulgar para a década de 1940. Nalguns aspectos, Éden Ahbez era o protótipo de um “hippie” de 20 anos, à frente da sua época. Para além da sua aparência física, vivia uma vida simples, usava uma túnica e calçava umas sandálias, era vegetariano, e dizia-se, que vivia com a sua esposa, debaixo da letra "L" do famosa escultura "HOLLYWOOD", situada no monte “Lee”, “Holywwod Hills”, “Santa Monica Mountains”.

Howard University's Jazz Vocal Ensemble (2002 – 20xx) – formados pelo Professor Connaitre Miller, na Primavera de 2002.


Celine Dion (Charlemagne, Canada, 30-03-1968 - 20xx)


Kurt Elling (Chicago, Illinois, EUA, 02-11-1967 - 20xx) – Em 17 Abril de 2008, na “Opera House”, Sydney, Austrália, com a “Sydney Symphony Orchestra”.


Lizz Wright (Hahira, Georgia, EUA, 22-01-1980 - 20xx)


Letra

There was a boy
A very strange enchanted boy.
They say he wandered very far, very far,
Over land and sea.
A little shy
And sad of eye,
But very wise, very wise was he...

Until one day,
One lucky day he passed my way,
And while we talked of many things
Fools and kings,
This he said to me:
"The greatest thing
You’ll ever learn
Is just to love
And be loved
In return”.

Lamento, algumas eventuais falhas nas letras, encontradas na Internet, devido à própria improvisação dada pelos seus intérpretes, e muitas vezes de difícil entendimento. (Ricardo Santos)

6 comentários:

  1. Nunca ninguém a contou, ou cantará, como Nat King Cole.
    Aquela voz, aquele fraseado, são irrepetíveis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que sim Pedro. Não coloquei aqui essa versão para se ouvirem outras !
      Um abraço

      Eliminar
  2. Coisa mais linda esta canção!! Para mim a versão Nat King Cole é a melhor. Mas também gosto 0 ,da de Sinatra. Celone Dion - JAMÉ.....

    Bom gosto, amigo Ricardo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Escolho o que me agrada e que possa ser diferente.
      Nat King Cole tem vindo aqui algumas vezes, embora a versão original seja muito boa mesmo.
      Obrigado Graça

      Eliminar
  3. Boa tarde,
    Nat King Cole na minha opinião sempre será uma referencia musical, os vídeos são fantásticos.
    Abraço
    ag

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nat Kinmg Cole é na realidade uma referência vocal musical da música norte-americana, sem dúvida alguma.
      Obrigado António

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.