Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Contrabaixo (IV) – Groups & Soloists of Jazz


(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Um novo formato na rúbrica “Groups & Soloists of Jazz”. Desta vez escolherei um instrumento e trarei aqui quatro intérpretes (pelo menos) do referido instrumento. Poderão haver mais publicações sobre o mesmo instrumento.       

Niels Henning Ørsted-Pedersen (Osted, Zealand, Dinamarca, 27-05-1946 - Ishøj, Zealand, Dinamarca, 19-04-2005)
A Nightingale Sang In Berkeley Square, Niels Henning Ørsted-Pedersen (contrabaixo) e Ulf Wakenius (guitarra), no “Jazzbaltica 2003”, em Salzau, Concerto para Ray Brown.


Ron Carter (Ferndale, Michigan, EUA, 04-05-1937 - 20xx)
The Shadow Of Your Smile


Henri Texier (Paris, França, 27-01-1945 - 20xx)
Sommeil Cailloux


Steve Rodby (Joliet, Illinois, EUA, 09-12-1954 - 20xx) e John Goldsby (Louisville, Kentucky, EUA, ??-??-1958 - 20xx)
Dancin' In The Street

21 comentários:

  1. Fico com a primeira! Texier é o que menos gosto talvez por ser um som que menos estou habituada a ouvir....
    Muito bom.
    bjss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Niels Henning Ørsted-Pedersen, se o quiseres ouvir mais procura o pianista Oscar Peterson, do qual ele foi grande acompanhador nos seus trios. Os outros são também excelentes contrabaixistas. Normalmente a dificuldade é ouvir sonoridades diferentes que muitas vezes nos levam a gostar menos, ou mesmo não gostar !
      Obrigado Papoila

      Eliminar
  2. Eu também vou repetir a primeira. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luísa, o Niels Henning Ørsted-Pedersen, é um excelente música, assim como os outros. Os temas é que podem ser mais dificéis ou não de ouvir. O contrabaixo não é um instrumento fácil de escutar a solo. O seu som grave nem sempre nos encanta. Ouve a boa interpretação final, um dueto com o Steve Rodby e o John Goldsby, com a composição "Dancin'in the Street".
      Obrigado

      Eliminar
    2. Eu ouvi. Ouvi todos. Gostei. Mas de facto, o primeiro tema foi o que preferi. :)

      Eliminar
  3. A pouco e pouco vão começando a gostar de ouvir outros instrumentos. O segredo é ouvir uma composição e tentar ouvir nela todos os instrumentos individualmente, um por um, e depois o conjunto todo !... mas sem forçar ! :)

    ResponderEliminar
  4. Ron Carter, Ron Carter, voto em Ron Carter.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  5. Ricardamigo

    Deliro com jazz! E, ainda por cima com estes "malandros"... é uma loucura!!! :-))))))))))

    Bjs da Raquel e abç do Leãozão
    ___________
    Estou muito admirado por dois motivos
    1) Sabes dos tormentos tremendos por que tenho (temos passado) e não me disseste nada;

    2) Ontem fiz 75 aninhos - não me deste os parabéns...

    Tens alguma coisa contra mim? Ofendi-te? Insultei-te? estou certo que não o fiz...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostas de Jazz, Henrique !

      Relativamente aos problemas porque tens passado, não me parece que o "forum" dos Blogues seja o sítio indicado para falar sobre isso. Não falo da minha vida privada em público, nem da dos outros. Todos nós temos problemas e necessitamos muitas vezes de falar com alguém. Aqui não !!!

      Relativamente ao teu aniversário, muito honestamente, não sabia que fazias anos ontem. Parabéns atrasados mas sinceros !

      Não tenho nada contra ti, nem me ofendeste ou insultaste, mas tens de entender que todos nós temos a liberdade de escolher com quem queremos conviver. Isso é algo que se adquire quando começamos a pensar por nós próprios.

      Desejo-te Melhoras na tua vida pessoal, muito sinceramente !

      Eliminar
    2. Caro Ricardamigo

      Vou tomar em conta o que me dizes; portanto, deixarei de te chatear. De qualquer modo, muito obrigado
      Melhores cumprimentos

      Henrique

      ... e até São Pedro de Moel onde espero não incomodar-te

      Eliminar
    3. Vai de certeza ser um bom convívio, onde poderemos todos conversar com amizade. A Graça merece que tudo corra bem.
      Obrigado e Cumprimentos

      Eliminar
  6. Ricardo:
    Ouvi todos com atenção, confesso ser uma desconhecedora de Jazz :)
    A que me ficou mais no ouvido foi a segunda de Ron Carter .

    Um beijinho grato

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostaste do Ron Carter. Uma composição conhecida e bonita tocada em contrabaixo.
      Obrigado Fê

      Eliminar
  7. Dancin'in the strrt com Steve Rodby e John Goldsby foi a que mais gostei.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adélia, eu também gostei/gosto imenso desse dueto de contrabaixos. Excelente mesmo !
      Obrigado

      Eliminar
  8. É impossível não se ficar a gostar de Jazz, depois de nos tornarmos teus leitores/ouvintes, Ricardo.:)

    Para conseguir ouvir o primeiro vídeo, tive de colocar o volume do som no máximo e mesmo assim a audição não foi a melhor. Já o segundo tive de o baixar.
    Ron Carter e o tema The shadow of Your Smile, foi o meu preferido. Um som que enche a alma!! Já costuma ouvir a canção na voz de Tony Bennett e sempre gostei deste tema.
    O dueto final também me agradou muito. A bem dizer, toda a música foi boa!!

    Obrigada, Ricardo. Feliz fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foste muito lisonjeira no teu primeiro comentário. Fico feliz por ter trazido mais um ouvint de Jazz.
      No Youtube nem sempre existem boas gravações.
      Fico muito satisfeito por teres gostado, bom Domingo e obrigado pelo comentário

      Eliminar
    2. Lamento, Ricardo, mas acho que estás a fazer uma certa confusão relativamente aos meus comentários nesta tua rubrica: Groups & Soloists of Jazz!

      E, como contra factos não existem argumentos, eu prefiro sempre 'argumentar' com provas.
      Repara neste meu comentário, já para não falar n'outros.

      ---------------------------------------------

      Janita26 de maio de 2015 às 23:16

      Sinto agora pela música Jazz um apreço como nunca senti em toda a minha vida, Ricardo.
      Graças a ti!
      Ouvi os quatro vídeos, ou melhor, ainda estou a ouvir Abril em Paris, enquanto escrevo!

      No primeiro fechei os olhos e quase consegui identificar os vários instrumentos. Foi de todos o que mais gostei! É como dizes, Ricardo, o gosto musical também se educa.se apura o ouvido para novas sonoridades.

      Muito bom e sinto uma leveza imensa. Foi como um lavar da alma!

      Um abraço e obrigada, pelo "serviço público" que prestas aqui no teu blog.

      Janita

      -------------------------------------------------------

      Como podes constatar não angariaste, só agora, mais uma ouvinte de Jazz.

      Até mais e fica bem. :)

      Eliminar
    3. Ainda bem que ficaste fã de Jazz. Esta música faz-nos bem à alma, como dizes. Obrigado

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.