A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

O Animal Encartado

12 comentários:

  1. As mulheres nao sao assim tao beligerantes. Por que sera?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os automóveis são o prolongamento da sua virilidade, e ao volante são muitas vezes uns autênticos animais encartados. No entanto, convém referir que existem outros condutores que nos fazem perder a paciência ! :)
      Obrigado Catarina

      Eliminar
  2. Ao volante transformamo-nos noutra pessoa.
    Acontece a todos.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existe algo de verdade nisso que dizes sim Pedro !
      Abraço

      Eliminar
  3. Um vídeo com alguns exageros, no entanto reconheço que há bestas na estrada que são autênticos animais e o que mais me espanta é que hoje em dia as mulheres ao volante têm atitudes de intolerância que tempos atrás não se viam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixaram de existir alguns valores, como a moralidade, a educação, o civismo em geral !
      Obrigado Manuela

      Eliminar
  4. Pessoas sem paciência, nem o mínimo de civismo, para andar na estrada, com um volante nas mãos, mais valia andarem de bicicleta ou a pé, que ainda era o melhor. Que ordinarão, safa!!
    Coisa horrível, mas acredito seja verdadeira...:(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita acredito que este "sketch" esteja um pouco exagerado, mas também acho que existem muitas pessoas (homens !) que reagem assim... :(
      Obrigado

      Eliminar
  5. Claro que há aqui um "exagero intencional" para "ilustrar" melhor o filme, mas é uma verdade que um homem a conduzir revela muito da sua personalidade ! Também não deixa de ser verdade que a mulher, a pretender constantemente "equiparar-se" ao homem , lhe seguirá as pisadas também neste particular ! :((

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou em absoluto de acordo contigo !
      Um Abraço Rui

      Eliminar

  6. Que barbaridade!
    Mas olha que escolheram mal o protagonista desta "tragico-comédia"... porque ele nem tem jeito para dizer palavrões!! hehehe

    Beijinhos encartados
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma barbaridade sim, mas que no dia a dia de estar sentado ao volante de um carro, acontece um pouco, pelo menos !
      Obrigado Afrodite

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.