Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Estou ?! Posso pedir um disco ? (XVII)

O pedido de hoje é da bloguer Manuela, do Blogue “Existe Um Olhar”, um espaço na plataforma portuguesa “Sapo” muito agradável à vista e não só. Uma publicação não periódica, de uma fotografia, acompanhada com palavras suas ou não. Muitas vezes com uma poesia a ilustrar a foto.
A autora deixou-nos uma mensagem do que o levou a escolher esta música:

Porque a minha vida é feita de boas e menos boas memórias achei que este tema se adaptava a tudo o que já vivi, vi e experienciei.

Ray Charles (23-09-1913 – 01-06-2004) e Mary Ann Fisher (1923 – 2004)


Andy Williams (03-12-1927 – 25-09-2012)


Alguma história sobre os discos, antigo suporte magnético que, actualmente, continua a ter imensos adeptos, dado que está cientificamente provado que a qualidade sonora do vinil é superior à do CD, dizem !

Os 78 rpm (rotações por minuto) eram os antigos discos, de goma-laca, que tocaram durante alguns anos nos gramofones dos nossos avós.

Os 33 rpm (rotações por minuto) eram os antigos “LP” (Long Play) de vinil que tocavam nos nossos antigos gira-discos.
Os 45 rpm (rotações por minuto) era os “singles” ou “EP” (Extended Play), também em vinil. Ambos fizeram a delícia das gerações de 60 e 70.

Esta nova publicação viverá, exclusivamente, dos vossos pedidos por “mail” para o meu “email” ricardosantos1953@gmail.com, da música que pretendem ouvir e umas breves palavras sobre o porquê que ela vos foi/é querida.

Peçam uma de cada vez e de vez em quando. Podem começar a enviá-los já hoje. Os pedidos serão atendidos por ordem de chegada dos “mails”.

Serão apresentados dois vídeos, do Youtube. Um será com a escolha de quem me enviou o “mail” e o outro uma escolha minha. Também darei algumas indicações adicionais sobre a composição, compositor e intérprete. Isto caso a música exista e haja informação adicional sobre ela.

17 comentários:

  1. How romantic!!! Gosto! Especialmente da 1ª versão. Gosto muito do Ray Charles.

    Beijinhos musicais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Ray Charles é um intérprete muito especial. O Andy Williams não lhe chega aos calcanhares !

      Obrigado Graça

      Eliminar
  2. Gostei muito, sobretudo da 2ª versão (estou a divergir da Graça :) estive a ouvi-la duas vezes. Obrigada
    um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostos não se discutem ! Todos temos direitos a tê-los diferentes.

      Obrigado Gabriela

      Eliminar
  3. A malta que por aqui tem feito escolhas tem muito bem gosto, Ricardo.
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade Pedro. Há aqui pessoas de bom gosto !

      Um abraço

      Eliminar
  4. Muito obrigada Ricardo. Também gostei muito da tua escolha.
    Resto de bom dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não precisas agradecer. Estas publicações eram para as minhas visitas que aqui vêm comentar !

      Obrigado Manuela

      Eliminar
  5. Não sei porque saiem dois comentários quando faço um comentário. :(

    ResponderEliminar
  6. Quem não tem doces memórias de um tempo qualquer? Bonita escolha a da Manu!
    Ouvi as duas versões e gostei de ambas. Mas, se tivesse de escolher, escolheria a segunda. A voz de Andy Williams, até nos arrepia a pele, neste tema. Lindo demais!
    Parabéns à Manu e um beijinho para ambos.

    (Como não vais querer o teu, fica a Manu com os dois:) )

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São ambas versões diferentes e na diferença, embora nós escolhamos semore a que gostamos mais, é que está o ganho !

      Obrigado Janita

      Eliminar
  7. Também voto na primeira. Acho que é só por causa da voz do Ray Charles... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Ray Charles era um senhor da música e das interpretações !

      Obrigado Luísa

      Eliminar

  8. Gostos não se discutem... mas eu gosto mais da voz "tender" e doce do Andy Williams.
    Não me recordo deste tema, não sei se já o teria escutado ou não... mas isso tem pouca importância porque o ouvi agora e gostei muito.
    Aliás para ser escolha da Manu só poderia ser um belo tema!

    Queria aproveitar esta oportunidade para lhe fazer aqui uma pequena homenagem.
    A Manu é uma das minhas mais antigas amigas da blogosfera e uma das pessoas mais cativantes que eu conheço. Conhecemo-nos em finais de 2009 num blog comunitário da Sapo onde éramos co-autoras do projecto «Intervalo Para Café». É dona de uma sensibilidade especial, personalidade cativante e de uma aura fortíssima. É impossível não a adorar... e é esse o testemunho que hoje quero aqui deixar:
    - Adoro-te Manu... e é para mim um privilégio enorme ser tua Amiga.

    Muitos beijinhos... e desculpa Ricardo ocupar desta forma a tua caixa de comentários.
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vou-me limitar a cobrar 5 cêntimos à palavra, por isso, se Deus quiser no dia 10 de Abril levo-te a conta ! :) Acho a Manuela um "pedaço" :))) !!!

      Obrigado Afrodite

      Eliminar
    2. Manuela quando disse "pedaço" foi de Boa Pessoa !!!

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.