Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Inesquecíveis (II)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos) e (http://memoriaglobo.globo.com/ da TV Globo)

Novela:          O Casarão                           
Ano:               1976  
Tema:             Menina do Mato     
Intérprete/s:   Márcio Lott (10-10-1940)                          
Autor/es:        José Jorge / Ruy Maurity


Novela:          O Astro                                 
Ano:               1977  
Tema:             Um Jeito Estúpido de Te Amar    
Intérprete/s:   Maria Bethânia (18-07-1946)                              
Autor/es:        Isolda / Milton Carlos


24 comentários:

  1. Adoro o tema cantado pela Maria Bethânia.
    O primeiro tema também me agrada mas não tenho memória dele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Bethânia é uma excelente intérprete, embora não seja muito do meu agrado pessoal !
      Da novela "O Casarão" que talvez fosse a par com o "Roque Santeiro" as únicas que vi com muito interesse, gosto de muito das suas músicas !

      Obrigado Luísa

      Eliminar
  2. A GEMMA não me permite ver ou ouvir os vídeos.

    Reconheci a Maria Bethânia.

    A minha mãe amava as telenovelas brasileiras.

    A minha filha mais velha adora a Maria Bethânia; até me obrigou a ir com ela ao Coliseu do Porto assistir a um concerto desta artista.

    Gostos não se discutem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei quem é a GEMMA, mas suponho ser alguma proibição para veres este videos na Alemanha ! :(

      Bethânia como já tinha dito à Luísa, embora tenha de lhe reconhecer a excelência de interpretação, não é do meu agrado pessoal. Mas como dizes e muito bem "Gostos não se discutem !!!".

      Obrigado Teresa

      Eliminar
  3. Gosto das duas músicas Ricardo _ o 'jeito estúpido,,,' é mais eloquente e a do Lott aquele doce jeito de ser do mato.Ambas ,me tocam.
    As novelas , são inesquecíveis mesmo _ dos anos 70 e como há sempre reprises a gente se não lembra ,vê de novo. Gostaria da reprise do Casarão .
    abraços e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também gostaria de ver "O Casarão" de novo. Mesmo agora passado tanto tempo "O Casarão" e o "Roque Santeiro" são duas novelas que gostaria de rever.

      Não sou muito amigo de ser obrigado de estar sentado a um televisor, obrigatoriamente, para poder seguir a sequência dos episódios, mas abro algumas excepções para algumas novelas.

      Obrigado Lis

      Eliminar
  4. Duas das novelas que segui com atenção.
    E foram muito poucas.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois Pedro, comigo aconteceu o mesmo. Foram muito poucas e musicalmente, também serão de muito poucas, as músicas escolhidas. Tentei ser criterioso !

      Obrigado e um abraço

      Eliminar
  5. As primeiras novelas tiveram músicas belíssimas!
    Da que mais gostei foi mesmo O Casarão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois Graça, eu tenho duas predilectas. "O Casarão" tal como tu e o "Roque Santeiro" !

      Obrigado

      Eliminar

  6. Sabe tão bem ouvir... Traz doces recordações.
    Estes teus inesquecíveis foram muito bem escolhidos... e o nome da rubrica assenta-lhes como uma luva pois continuam na memória de muitos.

    Estou a gostar desta tuas novas publicações.
    Beijinhos com memória
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha vida sem música seria impossível, por isso já que não toco instrumento algum, ... o meu querido piano !!! :(((... dou-vos boa música a todos aqui no meu Blogue comunitário !

      Obrigado Afrodite

      Eliminar
  7. Mais do que relembrar as novelas gostei de re-ouvir estas belas canções, Ricardo!
    Principalmente a primeira! Pelo ritmo, pelo batuque, pela letra e, sobretudo, por me trazer de novo à lembrança o Paulo Gracindo pai, e o Júnior, filho.

    " Menina que mora no mato não tem medo de assombração
    lá vai sozinha na estrada levando sombrinha na mão
    deixa o cabelo no rosto, briga com quem quer brigar
    dá um sorriso p'rá gente, continua a caminhar..."

    Já ouvi mas agora estou a escrever de cor! Bastou ouvir para recordar a canção todinha!
    Adorava esta canção e se não dissesses que pertencia a este novela, talvez não me recordasse!

    Ainda bem que trouxeste estas "Inesquecíveis"!

    Da "O Astro" lembro.me com saudade da Dina Sfatt, lembras-te dela? Com aqueles olhos negros enormes...Faleceu vítima de cancro!

    Um abraço, Ricardo, e não precisas retribuir! É dado com gosto e por gosto!! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou direitinho para vale de lençóis, fazer "ó-ó" ! Já ouvi o "Chico Escuro" e o "Manel Esfrega", mas antes vou responder-te...

      Pois também gosto imenso da "Menina do Mato" e "O Casarão" foi uma das melhores novelas. Com enredos de três épocas distintas focando a mesma família em diferentes gerações. Muito Boa Mesmo !!!

      A Dina Sfatt morreu dessa "malvad" doença sim ! :(( Belíssima actriz do Teatro Brasileiro !

      Obrigado e toma lá um abraço que eu vou "chonar" !!! :)

      Eliminar
    2. Ontem já devias estar, mesmo, mais para lá do que para cá, com a soneira!!

      Então esse Chico Escuro e o Manel Esfrega, não são personagens das tuas interacções humorísticas?
      O que é que tem a ver uma coisa com a outra? :((

      Eliminar
  8. Janita, o "Chico Escuro" e o "Manuel Esfrega" eram os "Amigos do Sono" e que recomendavam, na RTP1 a seguir ao Jornal, para as crianças irem para a cama.
    O Hermenegildo e o Zeferino é que são personagens das minhas interacçºoes humorísticas !

    O que quis dizer foi que te ia responder, como o fiz, antes de me ir para "vale de lençóis" !

    ResponderEliminar
  9. Adoro a Bethânia! E uma série de outros músicos da MPB, mas para mim ela está no top+.

    Quanto a novelas, além da Gabriela sempre tão falada, adorei Roque Santeiro - na época cheguei a comprar uma cassete com as músicas dessa telenovela, para ouvir no carro, que eram quase todas giríssimas! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não gosto da Bethânia, mas é uma excelente intérprete !!!
      "O Casarão" e o "Roque Santeiro" foram as que vi mesmo com mais gosto !
      Eu tenho um vinil da Gabriela, um do Casatão e dois do Roque Santeiro !

      Obrigado Teresa

      Eliminar
  10. O título que deste a esta rubrica, não podia ser melhor escolhido ! É que são mesmo temas inesquecíveis !!!
    Como as coisas mudaram ! ... Quem não via essas telenovelas brasileiras, novidade para nós ?! ... e se calhar, sem nos apercebermos eram essas musicas que nos cativavam ! E quem não andava sempre a cantarolá-las ? ... e quem não comprava os respectivos cd's ? ...
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Saíu bem o título ! obrigado Rui
      Eu ainda os comprei como disse à Teresa em vinil. Um da Gabriela, outro do Casarão e outros dois do Roque Santeiro.
      É um prazer fazer-vos recordar estas músicas que nos alegraram e alegram a vida !

      Um abraço

      Eliminar
  11. Vi ambas as novelas...inesquecíveis sem dúvida pelas belíssimas interpretações e claro as músicas são e serão sempre intemporais.
    Maria Bethânia aqui no seu melhor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim vou colocar aqui ainda muita música. Está tudo organizadinho e tratado para ir colocando às duas de cada vez !

      Obrigado Manuela

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.