Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

domingo, 25 de setembro de 2011

Lumiére – “Midnight in Paris”

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)               
                       
Um casal e os pais dela, numa viagem de negócios do pai, a Paris. Os jovens estão prestes a casar, mas não existem muitas convergências entre eles. Ele quer viver nos Estados Unidos e ele quer viver em Paris. O aparecimento de um casal amigo aguça as divergências. Gil está apaixonado pela cidade e vive o seu sonho de ser escritor.           
                
Realização – Woody Allen;
Argumento – Woody Allen;
Produção – Letty Aronson, Stephen Tenenbaum e Jaume Roures;
Orçamento – 30 milhões de dólares;
Estúdio – Mediapro, Gravier Productions;
Distribuidora – Pathé (UK/France), Sony Pictures Classics;
Estreia – 11 de Maio de 2011, no Festival de Cannes             
                      
Owen Wilson – Gil Pender;
Rachel McAdams – Inez;
Mimi Kennedy – Helen, mãe de Inez;
Kurt Fuller – John, pai de Inez;
Nina Arianda – Carol Bates, a amiga;
Michael Sheen – Paul Bates, o amigo;
Carla Bruni – Guia do Museu de Rodin;
Yves Heck - Cole Porter;
Alison Pill - Zelda Fitzgerald;
Corey Stoll - Ernest Hemingway;
Tom Hiddleston - F. Scott Fitzgerald;
Sonia Rolland - Josephine Baker;
Daniel Lundh - Juan Belmonte;
Kathy Bates - Gertrude Stein;
Marcial Di Fonzo Bo - Pablo Picasso;
Marion Cotillard - Adriana;
Léa Seydoux - Gabrielle;
Emmanuelle Uzan - Djuna Barnes;
Adrien Brody - Salvador Dalí;
Tom Cordier - Man Ray;
Adrien de Van - Luis Buñuel;
Gad Elmaleh - Detective Tisserant;
David Lowe - T.S. Eliot;
Yves-Antoine Spoto - Henri Matisse;
Laurent Claret - Leo Stein;
Vincent Menjou Cortes - Henri de Toulouse-Lautrec;
Olivier Rabourdin - Paul Gauguin;
François Rostain - Edgar Degas.            
               
Trailer Oficial                
                    
               
                
Entrevista (excertos) Festival Cannes, sob a estreia do filme            
                  
               
                    
Entrevista (excertos) Owen Wilson e Woody Allen, sobre o filme                  
                    
               
                         
Opinião         
           
Para quem gosta de cinema, aconselho vivamente.E quando já julgávamos que tínhamos visto tudo pela mão de Allen, eis que com 75 anos, eles nos brinda com uma comédia ligeira bem engendrada e contada que nos leva a pensar mais uma vez sobre aquilo que nos faz sonhar e se essas realidades ilusórias, os sonhos, valem a pena.
É em Paris, mais uma vez, a maravilhosa cidade da “Luz” que somos levados pela noite dentro, numa viagem temporal, do nosso personagem principal Gil Pender (Owen Wilson). Acredito que Owen tenha visto, cuidadosamente, as interpretações de Woody Allen, ao qual assentaria, perfeitamente, esta personagem.
Parece-me ser um filme bem conseguido e que não nos espantaria ser possível acontecer (será ??!!). Por incrível que pareça foi essa a sensação com que saí do cinema. Talvez porque a dimensão tempo, é tão misteriosa e apaixonante. Penso que esta sensação, todos a terão ao ver o filme.
Mais uma vez, o actor, realizador, argumentista e escritor, Woody Allen, nome artístico de Allan Stewart Königsberg, nascido em New York em 1 de Dezembro de 1935, mostra a sua qualidade cinematográfica.
Muito em breve irá figurar na minha galeria periódica “Notícia de Coluna”.

http://www.sonyclassics.com/midnightinparis/

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.