Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

sábado, 2 de junho de 2018

Ennio Morricone (7)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Hoje é a última publicação dedicada ao compositor. Aqui ficaram durante algumas semanas algumas (poucas) composições de Ennio Morricone. A segunda composição é de uma beleza extrema.

Ele compôs e organizou para mais de 500 produções de filmes e televisão. Morricone é considerado um dos compositores de filmes mais influentes e mais vendidos desde o final da década de 1940.

Ele vendeu mais de 70 milhões de discos em todo o mundo, incluindo 6,5 milhões de álbuns e singles em França, mais de três milhões nos Estados Unidos e mais de dois milhões de álbuns na Coréia.

Em 1971, o compositor recebeu o seu primeiro disco dourado para a venda de 1.000.000 de discos em Itália e um "Targa d'Oro" para as vendas mundiais de 22 milhões.

Ennio Morricone (10-11-1928)

Come Maddalena (1971), orquestra dirigida pelo próprio Enni Morricone, em Munique, decorria o ano de 2004


Cinema Paradiso (1988), orquestra dirigida pelo próprio Enni Morricone, em Veneza, 10 de Novembro de 2007, dia em que completava os 79 anos.

16 comentários:

  1. Soube bem, obrigada!

    Beijinhos, Ricardo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe sempre bem ouvir Morricone.
      Muito obrigado Maria

      Eliminar
  2. Gostei de ouvir. Nunca o procuro no youtube.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se vieres aqui pela etiqueta és capaz de ouvir algumas composições muito boas !
      Obrigado Catarina

      Eliminar
  3. Meu caro Ricardamigo

    Sou fã dele. Sempre que posso passo pelo youtube para o ouvir.

    Bjs e qjs do casal Ferreira
    ______

    A Raquel continua no Santa Maria. Na semana que vai entrar vão fazer-lhe uma ressonância com contraste. Está bem mas ainda não se consegue pôr de pé...


    Na Travessa prossegue a saga É DIFÍCIL VIVER COM UM IRMÃO MONGOLÓIDE (2). Desta feita o título é Agressões e palavrões

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Henrique !
      Conto lá ir à Travessa.
      Abraço e respeitos à Raquel

      Eliminar
  4. Não ouvi, Ricardo. Não posso estar muito tempo no pc. Desculpe.
    Um abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elvira o meu blogue é livre. Só lá vai quem quer ! :)
      Obrigado

      Eliminar
  5. Ao escrever este comentário estou a ouvir o Xavier Naidoo • für dich• conheces?
    NUNCA ouço música quando estou em casa, mas hoje apeteceu-me.
    Também gosto de ouvir a música de Morricone nos filmes.

    Continuação de bom domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Xavier Naidoo não faz o meu estilo de música. Eu tento ouvir o mais possível música, seja em casa ou no carro.
      Morricone é "obrigatório" !
      Obrigado Teresa

      Eliminar
    2. Já tinha estado a ouvir este tema de que a Teresa falou e gostei muito.
      Devias ir ouvir e prestar atenção à letra! É maravilhosa!
      Não és tu que dizes tantas vezes que devemos ouvir outras sonoridades fora daquilo a que estamos habituados para fugir da rotina!? :)

      Beijinhos aos dois
      (^^)

      Eliminar
    3. Sim devemos ouvir outras sonoridades sim, mas eu também digo que não ouço tudo, muitas vezes porque não gosto de ouvir, porque não me agrada. O Xavier Naidoo pareceu-me um bom intérprete, com umas boas letras. Quem sou para criticar um músico, não sabendo escrever sequer uma nota.
      É tão somente a minha opinião e o meu gosto auditivo que assumo !!!

      Eliminar
  6. Nunca me canso de ouvir as composições deste génio.
    Adorava vê-lo aqui a dirigir a Orquestra de Macau uma só vez que fosse.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro o Morricone em Macau com a orquestra da+i deveria/deverá ser Excelente !
      Abraço e boa semana

      Eliminar

  7. Estou com o Pedro, também nunca me canso de ouvir Morricone.
    O primeiro tema não conhecia, já o segundo é uma autêntica delícia!

    Beijinhos "Morriconizados"
    (^^)

    ResponderEliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago.