Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Alexander Stewart – Jazz Singers (XXXII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Alexander Stewart (Manchester, Inglaterra, ??-??-19?? – 20xx) – Aos 27 anos de idade, o cantor de Manchester, Alexander Stewart, já criou uma opinião no meio jazzístico, como sendo um dos vocalistas talentosos da nova geração. Com uma voz quente, mostra o seu amor por Billie Holiday e Tony Bennett, e evita que seja um acto nostálgico com a sua escolha criteriosa das canções, não só, antigas, mas também, contemporâneas. Assim como, com inteligentes orquestrações de alguns “standard”, ele dá o seu cunho em grandes canções populares, bem como a alguns originais.
Alexander Stewart fez esgotar espectáculos no “Ronnie Scott”, no “Pizza Express Soho” e na realidade, em quase todas as salas de jazz de Londres.
...

One For My Baby, ao vivo no “St. James Theatre London”, em 2013. Dirigido por Ben Pollard. Com Rob Barron (piano), Joe Caleb (guitarra), Andy Chapman (bateria), Rob Anstey (contrabaixo).


Call Me, Video Oficial. Com Alex Webb (piano), Gary Crosby (contrabaixo), Andy Chapman (bateria), Nathaniel Facey (saxofone alto), Frank Griffith (saxofone tenor), Freddy Gavita (trompete), Robbie Robson (trompete) e ainda Winston Rollins (trombone) e Adrian Fry (trombone).


You Don't Know Me, No “Pizza on the Park” em Londres (Fevereiro 2010), com Alex Webb (piano), Gary Crosby (contrabaixo) e Andy Chapman (bateria).


I Left My Baby, do espectáculo “Jazz at Cafe Society”' no “Tricycle Theatre”, Londres. “The Cafe Society All Stars” com: Jo Caleb (guitarra), Gary Crosby (contrabaixo), Nathaniel Cross (trombone), Nathaniel Facey (saxofone alto), Frank Griffith (saxofone tenor e clarinete), Sue Richardson (trompete), Alex Webb (piano) e Rod Youngs (bateria).

12 comentários:

  1. "You don't know me" é indissociável da voz e estilo de Ray Charles. Os outros clips foram um encanto, em especial o último, lento e sexy :)

    Excelente escolha Ricardo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estas músicas podem ser uma brisa quente para o frio que assobia na cidade onde te encontras ! Hoje estou muito poético :))) !

      Obrigado Pusinko

      Eliminar
  2. Adorei ,Ricardo principalmente, 'I Left My Baby' _ posso ficar ouvindo repetidas vezes.
    Abraço
    *também gostei do seu 'espelho' e deixei lá uma palavrinha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como digo aqui e por baxio do Perfil "Obrigado ao Youtube e a todas as pessoas que carregam os seus "clips" e "videos". Sem estes, o meu espaço, seria, praticamente, inexistente."... isto é verdade, embora tenha algumas coisas feitas por mim, como fotografia e alguns textos, maioritariamente são músicas que aqui ponho, para dar a conhecer outras vozes, aquele que passam em pouquíssima rádio e televisão,

      Obrigado Lis

      Eliminar
  3. Fiquei aqui embalada a ouvir estas excelentes escolhas e sinceramente não sei qual gosto mais.
    Muito aconchegante este som para uma noite tranquila.

    Um abraço Ricardo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais nem ontem Manuela. Há músicas que nos acalmam e nos fazem relaxar !

      Obrigado

      Eliminar
  4. Os ingleses há muito procuravam um concorrente para Michael Buble.
    Encontraram-no.
    Aquele abraço, votos de bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro é bem possível que sim, estou de acordo contigo. Embora, o universo jazzístico britânico tenha dificuldade em concorrer com universo canadiano e americano !

      Um Abraço e bom fds

      Eliminar
  5. Não conhecia. E gostei bastante. Obrigada por partilhar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado e fiquei satisfeito que tenhas gostado Luísa !

      Eliminar
  6. Gostei de ouvir e ver todos os vídeos mas o ultimo " I Left My Baby " levou-me a outra dimensão :)
    Muito bom! Obrigada pois não conhecia.

    beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São todos muito agradáveis e o último é divinal sim !

      Obrigado Fê

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.