Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

domingo, 21 de outubro de 2012

Músicas House MD (6ª. Temporada) (XXXIII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)             
                 
Benjamim Chase “Ben” Harper (Claremont, CA, EUA, 28-10-1969 – 20xx) & Relentless Seven – É um músico norte-americano. Nascido na Califórnia, Ben Harper cresceu a ouvir “Blues”, “Folk”, “Soul”, “R&B” e “Reggae”. Aprendeu a tocar guitarra ainda criança e teve diversas bandas na sua adolescência, sempre influenciado por nomes como Blues Traveler, Hootie & the Blowfish, Phish e Taj Mahal. Ben é muito religioso, passando sempre, uma mensagem cristã nas suas músicas.
A sua carreira profissional, como artista solo, começou em 1993 com “Welcome To The Cruel World”. Sempre com um intervalo de dois anos, foram lançados “Fight For Your Mind” (1995), “The Will To Live” (1997) e “Burn To Shine” (1999).
Uma caixa especial intitulada “CD Box Collection”, contendo os três primeiros álbuns de Harper saiu em 2000 e, no ano seguinte, chega o duplo ao vivo “Live From Mars”. O disco foi dividido num elétrico e noutro mais acústico e traz os maiores sucessos do músico, como “Excuse Me Mr.”, “Steal My Kisses” e “Pleasure And Pain”.
O seu sexto trabalho chama-se “Diamonds On The Inside” (2003). O álbum é uma mistura de “Heavy”, “Funk” e “Folk”. Ao lado dele estão “The Innocent Criminals”, formado pelo baixista Juan Nelson, o percussionista Leon Lewis Mobley e o baterista Oliver Charles. Os destaques foram “With My Own Two Hands”, “Everything”, “Amen Omen”, além da própria faixa-título. É também conhecido como "O Padrinho" de Jack Johnson, pois foi quem o descobriu e o indicou para uma grande editora. Em 2007 gravou em parceria com a cantora brasileira Vanessa da Mata a canção "Good Luck". Atualmente formou a banda Ben Harper & Relentless 7, e fará digressões, também em 2009, com a banda “Pearl Jam”.          
               
Ben Harper & Relentless Seven – Faithfully Remain, faixa 11, do álbum “White Lies For Dark Times”, de 2009.           
                 
                 
                      
Monotonix (19xx – 20xx) – Foram uma banda de “Rock” de garagem a partir de Tel Aviv, Israel. Eles lançaram o seu primeiro EP em 2008 e fizeram digressões na maior parte dos Estados Unidos e Europa, incluindo notáveis aparições, hoje lendários, no SXSW. Os “Monotonix” posteriormente lançaram dois álbuns completos – “Where Were You When It Happened?” e “Not Yet” e continuaram corrida infame de 1000 espectáculos em cinco anos, em 2011.         
                  
Monotonix – Set Me Free, do álbum “Where Were You When It Happened?” de 2009.        
                     
             
                     
Cynthia Ann Stephanie Lauper Thornton (Cyndi Lauper) (New York, EUA, 22-06-1953 – 20xx) – É uma cantora, compositora e actriz norte-americana vencedora de prémios Grammy e Emmy. Estreou-se no cenário da música “Pop”, em meados da década de 1980 e obteve sucesso com o lançamento do LP “She's So Unusual”, o qual ganhou 6 discos de platina nos Estados Unidos, com vendas que atingiram seis milhões de cópias no país. O álbum também entrou para a lista dos "500 Melhores Álbuns de Todos os Tempos" da revista Rolling Stone e está em exposição no “Rock And Roll Hall of Fame”. O disco fez de Cyndi a primeira mulher a ter quatro singles do mesmo álbum no “Top 10” da tabela de sucessos da revista americana Billboard. Tem tido muito reconhecimento também, por passar por diversos géneros musicais, desde os “Blues” ao “Dance-Pop”, pela sua frequente mudança de visual e sua voz altamente potente, para uma cantora “Pop”.
Em 2009, a cantora recebeu o prémio “BMI Millionaire Award” por "Time After Time", a sua primeira canção a conquistar o primeiro lugar da “Billboard Hot 100”, em 1984, e que foi certificada com dois discos de ouro e um de platina nos Estados Unidos.         
            
Cyndi Lauper – Time After Time            
                   

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.