Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

sábado, 18 de junho de 2011

Músicas House MD (4ª. Temporada) (II)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)    
 
The White Stripes (1997 – 20nn) - É uma dupla de “Rock” norte-americana, formada no ano de 1997 em Detroit, Michigan, composta por Jack White (compositor, vocal, guitarra, piano) e Meg White (bateria, percussão e vocal de apoio). Eles são conhecidos pelo seu som e simplicidade nas composições e arranjos, notoriamente inspirados pelo “Punk” e pelos “Blues Rock”, pelo “Folk Rock” e pelo “Country”.                     
    
The White Stripes We’re Going To Be Friends                      
     
   
    
Lizz Wright (Hahira, Georgia, 22-01-1980 – 20nn) - É uma cantora e compositora de jazz americana. Filha de um pastor, Wright iniciou-se em criança, cantando “Gospel” e tocando piano na igreja. Cedo se interessou por “Jazz” e por “Blues”. Frequentou a “Houston County High School”, onde participou activamente no grupo coral, e onde recebeu o “National Choral Award”. Posteriormente, Wright estudou música na “Georgia State University”, em Atlanta. O seu primeiro álbum “Salt”, foi lançado em 2003 e chegou ao segundo lugar das tabelas norte-americanas “Billboard”, foi “Top Jazz” contemporâneo em 2004. Em Junho de 2005 lançou “Dreaming Wide Awake”, que atingiu o primeiro lugar em 2005 e 2006.                         
      
Lizz Wright I Idolize You                       
         
     
  
Linda Lyndell (Gainesville, 19nn – 20nn) - É uma cantora norte-americana de “Soul”, originária de Gainesville, Florida. Cantava “Gospel” em criança, e embora branca cantava tanto em igrejas para brancos, como para pretos. Na sua juventude começou a cantar com grupos R&B. Em 1960, cantou em coro de suporte a James Brown e Ike & Tina Turner. Em 1967, o “disco jockey” Dave Crawford indicou-a aos produtores da “Stax Records”, Isaac Hayes e David Porter. Gravaram o seu primeiro “single”, “Bring Your Love Back To Me”, em Dezembro de 1967 e foi posto à venda, pela “Volt Records”. A canção não fez sucesso. Em 68 voltou para a sua segunda sessão, com a composição “What A Man”. Esta atingiu o número 50 das tabelas “Billboard” de R&B. Em resposta a esta gravação ela recebeu ameaças dos grupos fascistas e racistas, nomeadamente dos “Ku Klux Klan”. Retirou-se das actuações e permaneceu fora do meio musical, em Gainesville, durante os 25 anos seguintes.
Em 1993, o grupo de “Rap” “Salt-n-Pepa” pegaram na composição “What A Man”, para o seu “single” “Whatta Man”, o qual foi um sucesso. Na sequência disto, Linda voltou, de novo, a cantar, e em 2003, durante a inauguração do “Stax Museum”, ele actuou ao vivo, pela primeira vez, cantando “What A Man”.                                         
        
Linda Lyndell – What A Man (1968)                            
       

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.