Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

domingo, 17 de setembro de 2017

Inesquecíveis (21)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos) e (http://memoriaglobo.globo.com/ da TV Globo)

Esta será a ante-penúltima publicação dests rúbrica que tantos de vocês gostaram. Agradeço os vossos comentários !!!

Novela:         Roque Santeiro                 
Ano:              1985
Tema:           Malandro Sou Eu
Intérprete/s: Beth Carvalho (05-01-1946)                             
Autor/es:       Arlindo Cruz/ Sombrinha/ Franco


Novela:         Tieta do Agreste               
Ano:             1989  
Tema:           Uma Nova Mulher   
Intérprete/s: Simone Oliveira (25-12-1949)                           
Autor/es:       Paulo Debétio/ Paulinho Rezende


24 comentários:

  1. Inesquecíveis e bem antiguinhas, mas como a (boa) música não tem idade, ouvem-se sempre com prazer.

    Bom Domingo, Ricardo.
    Fica bem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita a música é como um bom livre ou um bom filme, lê-se e ouve-se mais que uma vez e com imenso prazer sim.
      Bom Domingo também para ti Janita e obrigado !

      Eliminar
  2. As musicas/cancoes brasileiras sao fenomenais!
    : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Algumas são muito boas e bem compostas, tanto em música como em letra !
      Obrigado Catarina

      Eliminar
  3. O Roque Santeiro, foi mesmo especial, uma novela muito divertida com actores excelentes e musicas inesquecíveis.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O "Roque Santeiro" foi na realidade uma novela muito boa. Boa música, excelentes interpretações, muita comicidade !
      Obrigado Papoila

      Eliminar
  4. Excelentes as canções da novelas daqueles tempos!! Que saudades! E até das novelas!

    Boas escolhas, Ricardo!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim as novelas eram normalmente histórias com cabeça, tronco e membros, complementadas com boas interpretações e boa música !
      Obrigado Graça

      Eliminar
  5. No tempo em que as novelas valiam o nosso tempo.
    Boa semana, Ricardo.

    ResponderEliminar
  6. Músicas e novelas maravilhosas que é um prazer recordar com a tua partilha.
    Obrigada Ricardo

    ResponderEliminar
  7. As músicas (e letras) das telenovelas sempre inesquecíveis, claro !

    O que é incrível é a "mudança" verificada, não sei se em nós, se nas telenovelas brasileiras !?...
    O quanto ansiávamos a hora da telenovela naqueles tempos, e no entanto hoje, não me imagino a acompanhar um telenovela brasileira actual ! :(
    Creio que mesmo as músicas não são comparáveis e não sei bem porquê, até porque os´mesmos cantores lá estão. (?)
    Bons e inesquecíveis aqueles tempos televisivos, Ricardo.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu penso que tem a ver com esta sociedade acelerada em que vivemos e que, infelizmente, não me (nos) faz feliz. Hoje é tudo muito supérfluo, muito banal.
      Esperemos que melhores dias venham !
      Obrigado e Abraço Rui

      Eliminar
    2. O problema, Rui, é que actualmente, a trama das novelas é em tudo semelhante, e acabam por ser mais do mesmo e ninguém as vê.
      Eu adoro as novelas brasileiras mais antigas e voltava a vê-las, se passassem na TV.
      Há um canal da TV cabo, que vai passando algumas.
      Beijinho

      Eliminar
    3. É tudo arquitectado por causa das audiências. As histórias são falseadas e à medida que as novelas vão sendo exibidas, os produtores vão "matando" as personagens como o público quer ! :(((

      Eliminar
  8. Boa tarde, excelente partilha das novelas que os portugueses não esqueceram.
    Boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era tudo muito novidade na altura. Novelas não tínhamos e ficámos "presos" a elas, na altura !
      Obrigado António

      Eliminar
  9. Não sou muito de telenovelas, vi uma ou outra aos poucos, mas as músicas, essas são imortais!

    Boa semana Ricardo.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim as músicas talvez o que mais restou e que nos fazem recordar bons momentos da nossa vida.
      Obrigado Adélia

      Eliminar

  10. Lembro-me bem de ambas as canções (e de ambas as novelas, lógico)... mas sem dúvida que é a música da Simone que me enche o coração.
    Linda linda! Ou não fosse eu "fã de carteirinha" desta grande artista e grande mulher, que sempre se veste de branco!

    Não, não confundas... não estou a falar da "mulher de branco"! Essa era lá da TIETA sim... mas era aquela "assombração" que surgia noite dentro e atacava os homens da região. :D

    Obrigada por estes dois momentos musicais, tão distintos... mas igualmente gratos pelas recordações que despertaram.

    Beijinhos vestidos de... memórias
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Simone sempre foi uma das minhas intérpretes brasileiras preferidas. Também era jogadora da Selecção do Brasil de Basquetebol ! :) Essa também é a música que gosto mais destas duas.
      A mulher de branco, nunca apareceu aqui em Lisboa, pena !!! :)))
      Obrigado Afrodite

      Eliminar
  11. As músicas são demais!
    Que saudades!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As músicas sim e as novelas mais antigas, como "Roque Santeiro" por exemplo, vê-lo-ia com imenso prazer de novo !
      Obrigado Maria

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago.