Lisboa ainda

Lisboa não tem beijos nem abraços, não tem risos nem esplanadas, não tem passos, nem raparigas nem rapazes de mãos dadas, tem praças cheias de ninguém, ainda tem Sol mas não tem nem gaivota de Amália nem canoa, sem restaurantes, sem bares, nem cinemas, ainda é fado, ainda é poemas, fechada dentro de si mesma ainda é Lisboa, cidade aberta, ainda é Lisboa de Pessoa alegre e triste, e em cada rua deserta, ainda resiste

Manuel Alegre, 20 de Março de 2020


quarta-feira, 21 de junho de 2017

Empregada Angolana.. - Interacção Humorística (162)

Em 11-05-2012. Obrigado.

Empregada Angolana

Aproveitando a ausência dos patrões, "Craudete", a empregada africana, fofoca com uma amiga de Angola ao telefone:

- Maria, aqui nesta mansão é tudo fachada, nêga!

- Porquê, Craudete? - Pergunta a amiga.

- Nada é dos patrão! Tudo é imprestado!

- Como assim?- pergunta a outra, curiosa.

- A roupa dos patrão não és deles, as dele é de um tal de Armani, a gravata de um tal Pierre Cardin, os vistido dela és de uma tal Fatima Lopes e os carro é da Mercedes... Nada é deles, minina!

- Nossa, Craudete... Qui pobreza!

          - O pió di tudo cê inda num sabe... Outro dia o patrão tava no telefone falando que tinha um grande Picasso... Pura mentira, Maria... É piquinininho, que dá dó.

28 comentários:

  1. Ah ah ah ah ah... piquenininnho, piquenininho.... eh eh eh eh...

    ResponderEliminar
  2. Ehehehehehe...e esta, hein??
    Tudo fachada, só para inglês ver.
    Esta tá porrêta, Ricardo. Não conhecia.

    :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não gosto muito de ridicularizar povos de outros países ou de outras regiões, mas achei muita piada a esta !
      Obrigado Janita

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Tadinho não tenhas dúvidas, confundido ... :)
      Obrigado Luísa

      Eliminar
  4. Ahahaha com que então a piquena andou a espreitar o Picasso do patrão :)
    Muito bem apanhada Ricardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A julgar pelo tamanho, era só um "Pi", não tinha o "casso" !
      Obrigado Manuela

      Eliminar
  5. Ahahah! Que bem que me soube esta gargalhada.
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Já conhecia, mas só o facto de como se lê é de rir.

    Beijinho Ricardo

    ResponderEliminar
  7. Já conhecia mas dá sempre para sorrir :)))
    O tamanho do picasso sempre foi um problema do caraças!! :))))
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha se fosse um Rafael Bordalo Pinheiro ! :)))
      Abraço Pedro

      Eliminar
  8. Como é que ela sabe que o "picasso" do patrão é pequeníssimo?

    ResponderEliminar
  9. Pois é. Já li os comentários e afinal as roupas ainda são o menos ! Agora o Picasso, sim , é o mais importante !
    E será que a Craudete ainda só viu Picassos grandes ?... Vai ter desilusões na vida, porque afinal o mesmo Picasso até tem imensas variantes de tamanho e se calhar ela ainda não sabe !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim o Picasso é na realidade, o mais importante !
      Até existe existe uma anedota do Juca Chaves, contando:

      Os Siciliano são extremamente ciumentos, no dia da noite de núpcias eles pintam o membro de verde. Se as mulheres quando os virem nus disserem: "Verde ?!?!?!".... eles divorciam-se no dia seguinte !!! ... porquê ? .... obviamente já tinham visto outro ! :)))

      Abraço

      Eliminar
  10. Então não há desafio??
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desafio é à hora das minhas publicações, 20:00, aí bem mais tarde !!!
      Amanhã vais vê-lo !
      Abraço Pedro

      Eliminar
  11. ahahahah! tinha perdido este post! : ))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coitado do Pablo Picasso confundido com algo que não tem nada a ver com ele e com pintura ! :))
      Obrigado Catarina

      Eliminar
  12. =)))))

    Bestial! ;)

    http://golimix.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar

Eu fiz um Pacto com a minha língua, o Português, língua de Camões, de Pessoa e de Saramago.