Contigo nunca me perco, perdendo-me !!!... (Ricardo Santos)

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Eyes Thru Glass (10) – Torre da Sacor

Aqui neste blogue e no “Eyes thru Glass“ mostro aquilo que os meus olhos vêem, através da objectiva.

Aqui ficarão somente as fotos, sem texto ficcional e sem música, apenas uma breve introdução, onde são tiradas e quando, e eventualmente alguma especificação técnica. Cliquem sobre a primeira foto para poderem vê-las em formato maior.

No dia 20 de Junho de 2009, com a minha HP PhotoSmart 850, fiz umas quantas fotos da antiga torre da SACOR em Lisboa.

O conjunto completo das fotos, sobre o mesmo tema, estão inseridas no meu Canal Youtube aqui, obviamente com pouca qualidade, com a perda após o seu tratamento via “Windows Movie Maker” e posterior com o carregamento no Youtube.




25 comentários:

  1. Boas fotos. Passei por lá no final de Dezembro.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Eu senti-me tentado a ir lá acima, mas além de estar "interdito", mas dá para passar a interdição, tenho receio das alturas ! :(
    A vista lá de cima, dos 150m, pelo que sei é fabulosa !
    Obrigado Elvira

    ResponderEliminar
  3. Ricardo , gostei muito até gostaria de saber onde é esta Torre pelo que saio daqui e vou descobrir como se fosse um desafio do nosso amigo Rui!
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Torre da antiga Sacor, actualmente pertença da GALP é no Parque das Nações (Expo 98). Digita Torre da Galp Parque das Nações, que a encontras, no Google Maps ou no Google Earth !
      Obrigado

      Eliminar
    2. Que pateta sou!!! Passo lá tantas vezes:((( mas as cores da tua foto enganaram-me.:))
      Obrigada

      Eliminar
    3. Não moro na Expo, mas moro perto. Já tenho ido fazer fotografia para lá !

      Eliminar
  4. Fui ver o video, não conheci a torre antes, mas penso ser a que recordo de ver na TV penso que no Parque das Nações, mas vou pesquisar.

    Beijinho Ricardo

    ResponderEliminar
  5. O meu filho já viveu perto de Loures, mas não me lembro de alguma vez ter visto esta antiga torre da Sacor, por lá perto, mais concretamente na Bobadela...como referes no texto! :)
    Gostei do vídeo onde tens estas fotos, especialmente, pela música.
    Também duvido se subiria ao cimo da torre, a não ser que houvesse elevador. :))
    Fica bem, Ricardo. Bom Ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita eu não falei, nem escrevi Bobadela, porque a Torre é em Lisboa, no Parque das Nações. Era uma antiga zona industrial, basta clicares em SACOR no texto e vais directa para a Wikipedia que explica. Ou então como disse à Papoila, digita Torre da Galp Parque das Nações, que a encontras, no Google Maps ou no Google Earth, que a encontras com fotos da mesma. Ela está encaixada, actualmente, numa zona habitacional.
      Obrigado

      Eliminar
    2. De facto onde eu li 'Bobadela' foi ao clicar em SACOR que é o link que me levou à Wikipédia, Ricardo . Vi lá a imagem de uns depósitos, que faz a referência ao local em Loures- Bobadela, daí a minha confusão. Peço desculpa pelo lapso.

      Eliminar
    3. A antiga SACOR de que agora resta esta torre, chamada "Torre GALP" tinha depósitos enormes de combustível. Era uma zona degradada, junto à zona de contentores e à zona de depósito de material de guerra avariado e obsoleto, vindo das ex-colónias. Conheço/conhecia, razoavelmente o sítio nessa altura. Eu morava em Moscavide que era mesmo pegado a toda aquela zona, onde hoje existe o Parque das Nações.
      Obrigado Janita

      Eliminar
    4. A antiga SACOR de que agora resta esta torre, chamada "Torre GALP" tinha depósitos enormes de combustível. Era uma zona degradada, junto à zona de contentores e à zona de depósito de material de guerra avariado e obsoleto, vindo das ex-colónias. Conheço/conhecia, razoavelmente o sítio nessa altura. Eu morava em Moscavide que era mesmo pegado a toda aquela zona, onde hoje existe o Parque das Nações.
      Obrigado Janita

      Eliminar
  6. Nunca visitei, confesso.
    Faço aqui a visita virtual.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje é uma zona muito agradável e "fina", o Parque das Nações é uma zona com habitação muito cara, junto ao rio Tejo. Continuo a preferir de longe o "meu" rico Bairro da Encarnação e os Olivais.
      Abraço Pedro

      Eliminar
  7. Desconhecia, mas gostei de ver as fotos e a imponência desta construção.
    O vídeo está muito bom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O video está razoável. A qualidade perdeu-se !!!
      As fotos não estão más ! ... sou exigente comigo mesmo !!!
      Obrigado Manuela

      Eliminar
  8. Retomo o termo usado pela Manu: Imponente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A torre é imponente sim. Uma construção industrial com cerca de 150 metros de altura. A vista lá de cima de Lisboa (nunca lá fui!), deve ser impressionante. Basta ver as imagens do Google Earth. Outro dia enviaram-me um link de um video, no Youtube (não o guardei!) de alguém que esteve lá em cima à noite e à sucapa, visto ser proibido subir, mas não impossível, apesar de interditado, mas "mal" !!!
      Obrigado Luísa

      Eliminar
  9. impressionante.

    Como gostas de olhar para cima!!! ; ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catarina eu não gosto de alturas (visão para baixo !), mas não me importo de olhar para cima ! :))
      Obrigado

      Eliminar
  10. Sim, conheço bem ! A Torre da Galp na Alameda dos Oceanos ! … Sabes que foi aí, ainda como instalações da Sacor, que em 1963 fiz a minha primeira Visita de Estudo a uma petrolífera ?...
    Na altura, lembro-me, era tudo uma verdadeira lixeira desde Santa Apolónia até ao que é hoje o Parque das Nações. Era a zona oriental, a mais degradada de Lisboa !!! …
    Felizmente a Expo 98 veio alterar tudo ! … ou melhor dizendo, quase tudo, porque ainda se vêm hoje, algumas zonas degradadas nesse intervalo. :(

    Belíssimas fotos, Ricardo
    Abraço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, tudo nessa altura era uma lixeira e depois ainda ficou pior com os despojos da Guerra Colonial. Ainda existem zonas degradadas sim :( ! As fotos não estão más !
      Abraço

      Eliminar
  11. É muito feiinha, benza-a Deus! Mas as fotos estão boas... :)

    Beijocas e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma construção industrial, não é bonita, mas também não a acho feia !
      As fotos não ficaram, para dizer a verdade ao meu gosto !
      Obrigado Teresa e bom fim de semana

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.