A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Patchworks of Music Glued (IV)

As aguarelas são tons de azul e verde que se espraiam e se misturam com o castanho, em locais onde as crianças e os jovens vivem momentos despojados de preto, do início da sua vida.



Foto minha, "batida" no dia 30 de Janeiro de 2010, em Sesimbra, de cima da Fortaleza

Música, do "Pat Metheny Group", extraída do álbum “Watercolors” de Julho 1977, para a etiqueta “ECM”. A composição “Watercolors”, composta por Pat Metheny

22 comentários:

  1. Foto espantosamente bela! Parece mesmo uma pintura. Capturaste um ângulo em que a água do mar e a areia iluminam tudo.
    O resto, parece parte de uma moldura. Muito interessante, mesmo!
    A música complementa o "quadro"...
    Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado Janita. A foto ainda foi tirada no meu segundo lar, Sesimbra. A "casa" da minha juventude, na altura em que tudo é alegremente colorido, para todos.
      A foto foi feliz, e a música é suficientemente calma para ilustrar o mar de Sesimbra.

      Eliminar
  2. A imagem e o som complementam-se muito bem.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  3. Adorei a perspectiva, as cores do mar são mesmo uma autêntica aguarela. as tuas palavras sábias e a música, deram um excelente post.
    Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manuela muito obrigado. A foto ainda a tirei com a minha antiga e "fraquita" máquina, um HP Photosmart 850. Correu bem !... Aliás tenho excelentes fotos com ela.
      A minha rúbrica sobre fotografia ainda estou a "cozinhá-la", e em breve penso começar a publicá-la !

      Eliminar
  4. olá Ricardo, tenho tido uns dias fora, por motivo de ferias, estou captando os bonitos trabalhos dos colegas dos blogues !
    cores da água que inspira!
    Abraço
    Angela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Watercolors são aguarelas e estas de Sesimbra são-me muito gratas em todos os aspectos. De Sesimbra tenho imensas boas recordações e poucas más ! Obrigado Ângela

      Eliminar
  5. A foto está linda, linda e lembro-me de por essa altura me teres enviado um vídeo, quase todo ele com fotos destas tiradas na fortaleza de Sesimbra e também uma outra foto acompanhada de um poema teu de 1983 (com menos de 30 anos ) !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse video está publicado no meu Canal do Youtube. Essas fotos foram tiradas com muito Amor e tudo o que ´fetio com Amor sai bem !
      Obrigado e Abraço Rui

      Eliminar
  6. Que linda imagem, a foto está fantástica.
    Também gosto muito da música.
    Bjs

    ResponderEliminar

  7. A foto está muito bem conseguida e as palavras sentidas!
    Era bom podermos manter essas cores de aguarelas coloridas, a lembrar a nossa infância, durante toda a nossa vida!


    Beijinhos em tons suaves
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As fotos que normalmente tiro em Sesimbra são sempre tiradas com muito Amor, como disse ao Rui. Aquela terra apesar de hoje, muito transformada e sacrificada, é a minha segunda "casa". Sempre fui feliz por lá ! Sim lembrar sempre a nossa infância e juventude !
      Muito Obrigado Afrodite

      Eliminar
  8. Oi Ricardo
    saudade !!
    Foto linda,o mar é sempre uma inspiração e seu recorte ficou sensacional!
    Estou retornando devagar e vou ver seu YouTube
    meu abraço forte

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lis, é bom ter-te de volta !!! Gosto de te ver aqui a comentar.
      O Mar faz parte dos Portugueses e dos Brasileiros. Graças a ele é que os dois Povos se conhecem !
      Obrigado

      Eliminar
  9. Que bela imagem! As águas desse azul turquesa e transparentes dão uma vontade imensa de nelas mergulhar. Com a música em fundo, então... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como eu costumo dizer: Às vezes corre bem !
      Sesimbra tem alturas em que as água são límpidas e deslumbrantes.
      Obrigado Luísa

      Eliminar
  10. Gostei tanto da música como da fotografia. Estava a ver que não conseguia ouvir, mas afinal foi a nabice do costume, ai, ai... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta versão é ao vivo, como se percebe, embora versão de estúdio seja muito boa.
      Obrigado Teresa

      Eliminar
  11. Ricardo, gostei muito da música, da sua fotografia e do vídeo que fez com ambas, mas a definição de aguarela foi uma das mais belas que já li.

    "As aguarelas são tons de azul e verde que se espraiam e se misturam com o castanho, em locais onde as crianças e os jovens vivem momentos despojados de preto, do início da sua vida."

    Um beijinho grato pela "prenda" que ontem me enviou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que deveria ter enveredado pela escrita, modéstia à parte ! Sinto-me muito bem a escrever, mas não tenho a fluidez de um escritor, preciso de paz de espírito nos momentos em que quero escrever algo que penso ser bonito...

      Gostava de poder comentar sempre com música. Fi-lo no início de perceber com funcionava a blogosfera. No entanto nem sempre é fácil. Comentar poesia e prosa, é difícil. Para as tuas lindas palavras póeticas que tinhas no teu blogue, a escolha da música não foi complicada, mas foi com muito prazer que lá a pus.

      Obrigado Fê

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.