Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Prevenção contra incêndios (II)

Regras Básicas para quando o incêndio ocorrer,...

1-   Não corra, nem entre em pânico, mas não perca tempo;
      2-   Dê o alerta de fogo a alguém, para que os Bombeiros sejam avisados;
      3-   Se souber, utilize o extintor portátil:

O extintor portátil poderá demorar entre 30 segundos a 1 minuto a ser totalmente descarregado;
Avance agachado e ataque o fogo na base da chama, com jactos intermitentes;
Num compartimento de uma casa, o extintor de pó químico e o fumo, são tais que existe muita dificuldade em verificar se o fogo foi extinto ou não;
Se não conseguir apagar o fogo, feche a porta do compartimento onde o fogo decorre, e chame de imediato os Bombeiros. 
Será muito mais seguro para a sua vida e a dos outros que possam estar envolvidos;
       
     4-   Faça sempre por ter o telefone dos Bombeiros sempre à mão.

Este é o vídeo mais conhecido e já visto, possivelmente por alguns de vós. Durante as minhas formações anuais de reciclagem das “brigadas de emergência”, na corporação de bombeiros onde elas decorrem, várias vezes foi simulada esta situação (dentro dum contentor onde existe uma cozinha improvisada !). Garanto-vos que é assustador quando se atira água para a frigideira/panela em fogo, ao lume…


Incêndio numa sala de estar. Tomem atenção ao relógio !

14 comentários:

  1. Só me ocorre uma palavra: "Assustador!"

    :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita não tenhas mesmo dúvidas, quem já presenciou ao vivo, embora simulado, assusta mesmo !
      E as rúbricas fiz com que fossem somente duas. É o suficiente para alertar, já que também coloquei os princípios básicos.

      Obrigado

      Eliminar
    2. Faço minhas as palavras da Janita.

      Eliminar
    3. É mesmo assustador mas como disse à Janita, ao vivo, simulado, é outra dimensão ! :(

      Eliminar
  2. Que medo!! E que rapidez com que as chamas tomam conta de tudo!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é verdade Graça ! O conselho dos Bombeiros é se utilizares o extintor e não conseguires apagar o fogo, não tentes mais nada. Fecha a porta do compartimento, se conseguires, e foge, pela tua vida que é muito mais importante que os bens materais !

      Obrigado

      Eliminar
  3. Vi os dois, Ricardo ! Muitíssimo útil , se não por mais pela "Prevenção" a que deveremos estar atentos !
    Creio que a leitura, só por si, não nos ajuda muito, porque será normal entrarmos em pânico e não conseguirmos fazer nada de jeito ! :((
    Já cursos de "formação" serão "outra coisa", bem mais úteis, mas é a tal questão : "isto só acontece aos outros" ! :((
    Acho que esse teu exemplo e o da tua empresa deveriam ser "uma prática constante" em todas as organizações !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui penso que muitas empresas, se calhar não todas como seria desejável, têm formações destas e ensinamentos destes. Há no entanto, penso eu, um caminho longo a percorrer e a desenvolver, na prevenção contra o fogo e contra outro tipo de fenómenos naturais, e nao só.
      Acho que as instituições em Portugal deveriam dinamizar actividades a preço acessível para que todos pudessem usufruir de simples ensinamentos e maneiras correctas de actuar.
      Isto deveria começar nas escolas !!!

      Obrigado e um abraço

      Eliminar
  4. Realmente as chamas do fogo causa grande destruição. Uma inspiradora semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O fogo é na realidade muito destruidor. Por tudo isso, devemos respeitar as regras que nos fazem prevenir situações de fogo.

      Obrigado

      Eliminar
  5. Instruções sempre úteis e que vale a pena lembrar.
    Vi o 2º vídeo e fiquei impressionada, por em tempos passou-se uma coisa idêntica cá em casa e como ainda não sabia nada sobre o tema, claro que não agi da melhor forma.
    Hoje estou mais informada, até porque tenho uma pessoa da família que dá esse tipo de formações e claro eu por tabela também aprendi e hoje penso que sei tomar medidas preventivas, para que evitar desgraças, ou se elas acontecerem já sei como actuar.
    Acho que este tipo de formações deviam ser dadas, não só nas empresas, mas à população em geral, caso estivessem receptivos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em relação à formação, tens toda a razão. Ela deveria ser para todos. Chegar a todas as pessoas e mostrar-lhes o que é bom e o que é mau. Aquilo que devemos fazer e aquilo que nunca devemos fazer. Deveria ser obrigatório uma disciplina que não influenciasse nas notas do aluno, mas que fosse obrigatória de frequentar e que falasse sobre assuntos de segurança, como o fogo, por exemplo.

      Obrigado Manuela

      Eliminar
  6. Um flagelo que todos os anos devasta Portugal, Ricardo.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois Pedro grande verdade ! No entanto para todos os anos, continuar a acontecer, como acontece, deve haver algo de negócio em madeira queimada !

      Um abraço

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.