Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Jazz Standards (CXXXVII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

(Sobre o tema em questão, algumas palavras retiradas de “in
http://www.jazzstandards.com/compositions/index.htm” - adaptação e tradução por Ricardo Santos)

Moonlight in Vermont (#141) - Música de Karl Suessdorf e Letra de John M. Blackburn
A vocalista Margaret Whiting, filha do compositor Richard Whiting, apresentou esta canção em 1944, e foi o seu primeiro grande sucesso. Ela gravou-a novamente 10 anos depois, e esta versão subiu nas tabelas de venda:

Billy Butterfield e a sua osquetra (1945, Margaret Whiting, vocal, Nº. 15)
Margaret Whiting (1954, vocal, Nº. 29)

A “Capitol Records” começou a editar em 8 de Abril de 1942. A ideia do seu criador, o letrista e vocalista Johnny Mercer, destinava-se a fazê-la ser a concorrência da Costa Oeste para as grandes gravadoras da Costa Leste, como a “RCA Victor” e “Columbia”. No momento da sua formação, a American Federation of Musicians atacou em força, e a “Capitol”, rapidamente, gravou e lançou vários lados, dois dos quais (pelo chefe de orquestra e pianista Freddie Slack e Johnny Mercer), tornaram-se grandes sucessos.

Ella Fitzgerald (Newport News, EUA, 25-04-1917 — Beverly Hills, EUA, 15-06-1996) e Frank Sinatra (Hoboken, EUA, 12-12-1915 — Los Angeles, EUA, 14-05-1998)


Billie Holiday (Filadélfia, EUA, 07-04-1915 — New York, EUA, 17-07-1959) – video com paisagens em Vermont, nordeste dos Estados Unidos, região de New England, e com capital em Montpelier.


Ray Charles (Albany, Geórgia, EUA, 23-09-1930 - Beverly Hills, Califórnia, EUA, 10-06-2004)


Stephane Grappelli (Paris, França, 26-01-1908 - Paris, França, 01-12-1997) e Bill Coleman (Paris, Kentucky, EUA, 04-08-1904 - Toulouse, France, 24-08-1981) - William Johnson (Bill) Coleman no trompete e Stephane Grappelli no violino.


Letra

Pennies in a stream
Falling leaves a sycamore
Moonlight in Vermont
Gentle finger waves
Ski trails down a mountain side
Snowlight in Vermont
Telegraph cables, how they sing down the highway
As they travel each bend in the road
And when people meet, in this romantic setting
They're so hypnotized be the lovely...
Evening summer breeze
Sweet warblings of the meadowlark
Moonlight in Vermont

Lamento, algumas eventuais falhas nas letras, encontradas na Internet, devido à própria improvisação dada pelos seus intérpretes, e muitas vezes de difícil entendimento. (Ricardo Santos).

13 comentários:

  1. Respostas
    1. Pois são Graça, todos eles !!!... embora eu adore a Billie Holiday com aquela voz tão diferente !

      Obrigado

      Eliminar
  2. Estamos na mesma onda, Ricardo.
    Daqui a pouco vou comprar bilhetes para o concerto da dupla Chick Corea Herbie Hancock no Centro Cultural de Macau no dia 5 de Junho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, muito bom vai ser esse concerto, certamente !!!
      Um abraço

      Eliminar
    2. Já cá cantam os dois bilhetes!!
      Aquele abraço

      Eliminar
  3. Não conhecia a versão de Ray Charles, que também achei muito interessante... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Ray Charles é mais um com uma voz característica !

      Obrigado Teresa

      Eliminar

  4. Hoje estou numa de... CINEMASCOPE... e logo hoje que vale a pena porque é a dobrar! :))

    Já há mesmo muito tempo que não vejo este filme...
    A maior palavra que conheço não é "Supercalifragilisticexpialidocious"... nem anticonstitucionalissimamente. A palavra maior que conheço é «PNEUMOULTRAMICROSCOPICOSILICOVULCANOCONIÓTICO» que tem a ver com uma doença pulmonar rara :)

    Beijiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinhos
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O formato do CinemaScope agrada-me. A minha ideia sempre foi colocá-lo no fim do Blogue, mas infelizmente existe a impossibilidade de comentário, o que com a tentativa sempre minha de colocar lá música de qualidade, faz que as pessoas não possam comentar, e muitas vezes talvez o quisessem fazer !

      Em relação à palavra mais comprida, bolas, bolas, essa é mesmo enorme e é portuguesa !!!

      Obrigado Afrodite

      Eliminar
  5. Corro o risco de me repetir, mas tenho que dizer que gosto, gosto e gosto.
    Aquele vídeo de Billie Holiday com aquelas paisagens de sonho seduziram-me especialmente...deu-me logo uma vontade enorme de voar enquanto ouvia a música.

    Beijos Ricardo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manuela é também a que eu gosto mais, embora todas as outras interpretações sejam boas, a da Billie Holiday enche-me as medidas !

      Obrigado

      Eliminar
  6. Boa tarde, é perfeito fazer recordar grande vozes, gostei de ouvir o Ray Charles, talvez por ser o mais conhecido por mim.
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui António, podes conhecer outros intérpretes. Há sempre vozes novas que inclusivé eu, conheço menos, embora ouça muito jazz vocal !

      Obrigado

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.