Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

quinta-feira, 5 de março de 2015

Eliane Elias – Groups & Soloists of Jazz (XXII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Eliane Elias (São Paulo, Brasil, 19-03-1960 – 20xx) – É uma pianista e cantora brasileira. Começou a tocar piano aos 6. A sua mãe Lucy era pianista clássica. Em 1973, aos 13, iniciou os seus estudos de piano no “Centro Livre de Aprendizagem Musical – CLAM” com Amilton Godoy, pianista do “Zimbo Trio”. Aos 17 começou exibir-se, publicamente, tocando as suas próprioas composições. Após uma digressão, em 1981 com Eddie Gomez, foi encorajada a ir viver, para Nova Iorque.
Em Nova Iorque, foi convidada ao grupo “Steps Ahead”, gravando com eles em 1983. Após sair do grupo, trabalhou com o trompetista Randy Brecker, com quem veio a casar.
Eliane gravou inúmeros discos, entre eles um, em dueto, com Herbie Hancock. Após 1989, começou a cantar nas suas gravações.
Eliane é agora casada com o baixista, Marc Johnson, que foi durante muitos anos contrabaixista do falecido pianista, norte-americano, Bill Evans.

Discografia

1984: Amanda
1986: Illusions
1987: Cross Currents
1989: So Far So Close
1990: Eliane Elias Plays Jobim
1991: A Long Story
1992: Fantasia
1993: Paulistana
1993: On The Classical Side
1994: Solos and Duets
1995: Best of
1996: The Three Americas
1997: Impulsive!
1998: Sings Jobim
2000: Everything I Love
2001: The Best of Eliane Elias, Vol. 1: Originals
2002: Kissed By Nature
2003: Timeless Eliane Elias
2003: Brazilian Classics
2004: Giants of Jazz: Eliane Elias
2004: Dreamer
2005: Sings and Plays
2006: Around the City
2008: Something For You: Eliane Elias Sings & Plays Bill Evans
2008: Bossa Nova Stories
2009: Plays Live
2011: Light My Fire
2012: Swept Away
2013: I Thought About You- A Tribute to Chet Baker

Samba Triste, com Eliane Elías (piano), Marc Johnson (contrabaixo) e Satoshi Takeishi (bateria).


Só Danço o Samba, ao vivo “At Basel”, Suiça, em Novembro de 2010, com Eliane Elias (piano e voz), Rubens de La Corte (guitarra), Marc Hohnson (contrabaixo) e Rafael Barata (bateria).


They Can't Take That Away From Me, no “Festival Jazz Cinq Continents”, em Marselha (França), decorria o ano de 2009.


Chega de Saudade, no “Festival Jazz Cinq Continents”, em Marselha (França), decorria o ano de 2009.

20 comentários:

  1. Não conhecia a pianista brasileira e gostei imenso de ouvir o samba interpretado ao piano. Curioso como iniciou tão nova a sua carreira, tem uma discografia fabulosa e aqui não é conhecida. Talvez, por ter feito carreira na América, não?
    Já os músicos/ compositores/cantores da MPB, há décadas que são famosos em Portugal e não só, claro!

    Ricardo, ontem, durante umas largas horas, aparecia no teu blog a indicação de um post creio que "Soluções de Cromos do Rock" ou algo que o valha, e chegava aqui dava de caras com o Valmor! Até à hora de fechar o meu estaminé, não surgiu nada do que anunciavas. :)

    Já não é a 1ª vez que vejo isso noutros blogues.(?) Será obra do senhor Blogger ou arrependimento do administrador?...:-)

    Um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eliane Elias dia 5 de Maio na Casa da Música (Porto) e dia 6 de Maio no CCB (Lisboa). Indico-te dois CD dela muito bons: "Bossa Nova Stories" de 2008 e "Light My Fire" de 2011. Pede a alguém que te arranje o mp3. Eu tenho queres ? :D

      O que aconteceu é que me enganei e publiquei algo que não deveria ter publicado. Vão haver novos passatempos/desafios ligados a uma nova rúbrica minha, intitulada "Os Meus Cromos do Rock Pop".

      Obrigado Janita

      Eliminar
  2. Novidade para mim.
    Uma novidade das boas.
    Aquele abraço, votos de bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro por aqui tento sempre ter novidades !
      Obrigado Um abraço

      Eliminar
  3. Venho sempre aprender alguma coisa, por aqui. Também não conhecia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aprender, aprendemos todos uns com os outros. És sempre bem-vinda Luísa !
      Obrigado

      Eliminar

  4. Eliane Elias é linda e talentosíssima!
    Conheci Eliane, curiosamente, por "tuas mãos", quando me mostraste o tema "I'm Not Alone" num comentário deixado num post meu de Agosto/2013, um tema lindíssimo cantado com Ivan Lins.
    Mais tarde voltaste a comentar com outro tema dela (o "Aquele Abraço") no famoso post do Rui do "Abraço de 20 segundos".

    Destes 4 temas não conhecia nenhum, mas as preferências vão sempre para os temas cantados.

    Beijinhos em ritmos de Bossa Nova
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A canção "I'm Not Alone" é do Ivan Lins / Vitor Martins e chama-se na versão original Anjo de Mim. Um tema extremamente agradável e melodioso. Sim verdade, comentei num Rui com "Aquele Abraço" um tema do Gilberto Gil.
      A Eliane Elias é um "must" na música brasileira do género, Jazz e Bossa dão as mãos em composições exuberantes !

      Obrigado Afrodite

      Eliminar
    2. :))) ... Curioso que ontem estive a ver o Festival da Canção que não tinha visto no Sábado. Por ter ganho o Miguel Gameiro, lembrei-me do "Dá-me um Abraço" e andei a trauteá-la. Claro que me lembrei do meu post do Abraço e dos Abraços aos meus Amigos /as !!! ... rsrsrs .... E ainda dizem que "não há coincidência" !? ... ahahah
      ... e agora, chego aqui e heis que o "Abraço" cá está, sempre presente !
      Começo (continuo) a ficar orgulhoso daquele post ! ahahah
      Obrigado, por o recordares Afrodite ! rsrs e também nesse post, claro, lá está já a Eliane Elias , um "must", como dizes, Ricardo ! :)))
      Gostei destas coincidências todas ! :))))

      Grande "Abraço" aos dois ! ... Porque será que há dias em que nos apetece "Um Abraço", mais do que noutros ?! ... ahahah ... e o que é curioso é que ele pode chegar de várias maneiras !!! :)))

      Eliminar

    3. Rui,
      Uma coisa bonita que aconteceu quando na noite do Festival foi anunciada a vitória da canção de Miguel Gameiro, foi ele entrar em palco , cumprimentar a Leonor Andrade e dizer-lhe: «Dá-me um abraço!»
      Foi um momento lindo de televisão!

      (^^)

      Eliminar
    4. Vi e emocionei-me com aquele abraço tão sentido e prolongado ! :)) ... e talvez fosse isso que fez despertar em mim aquela ideia do "Abraço" e fazer-me recordar essa sua outra canção ! :))) ... Curioso, ... é que me fez desejar um "Abraço" também ! :))

      Eliminar
    5. Abraços, vamos ter tempo de os dar ao vivo no dia 26 de Abril ! :)
      Ainda bem que gostaram da Eliane Elias.

      Um abraço

      Eliminar
    6. Verdade, Ricardo !!! ... Aguardo com ansiedade a chegada desse "bendito" dia !
      E o nosso abraço, vai ser muito especial ! És um dos grandes Amigos da blogosfera e não me esqueço que foste também um factor (remoto) desta iniciativa, uma vez que já há 2 anos me falaste na necessidade da organização de um "Encontro" deste tipo !
      Finalmente a oportunidade chegou com a conjugação de vários factores que "empurraram" nesse sentido !!! :))) ... Pena não poderes levar contigo, ao vivo, a Eliane ! rsrsrs

      Eliminar
    7. Também espero esse dia com alguma ansiedade. É verdade, falei-te num possível encontro sim, porque achei ser de alguma maneira importante.
      A Eliane não tenho o telefone dela, porque senão ligava-lhe e ela vinha com o Professor ! :)))

      Um Abraço e Obrigado

      Eliminar
  5. Excelente! Gostei de ver e ouvir. Thanks!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catarina fico satisfeito que tenhas gostado !
      Obrigado

      Eliminar
  6. Faço minhas as palavras da Catarina!
    Também adorei o video sobre o Villas-Boas, excelente música.
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que passaste aqui. Eu tento ter sempre boa música !
      Obrigado Papoila

      Eliminar
  7. Sempre com boa informação musical, estamos sempre aprender, foi o meu caso.
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António a função do meu Blogue é essa dar boa música e algum conhecimento a todos. "Todos é que sabemos tudo !"

      Obrigado

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.