A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

segunda-feira, 23 de março de 2015

Arturo Sandoval – Groups & Soloists of Jazz (XXIII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Arturo Sandoval (Artemisa, Cuba, 06-11-1949 – 20xx) – É trompetista e pianista de Jazz, cubano. Sandoval começou a estudar o trompete aos 12 anos de idade e mais tarde foi co-fundador do grupo “Irakere” e a partir de 1981 iniciou a sua carreira solo. É conhecido também pela facilidade em executar notas superagudas, muita agilidade e ser rápido e criativo com o improviso, no trompete. O seu ídolo e amigo Dizzy Gillespie ajudou-o na sua naturalização, como americano, em 1990. E é, desde 1999, cidadão norte-americano.
No ano de 2000 foi lançado um filme sobre a história da sua vida e a sua ascensão, no meio musical. O filme de nome "For Love or Country" foi produzido pela HBO, e teve como actor principal Andy Garcia.
Arturo Sandoval já recebeu quatro “Grammy Awards”, seis “Billboard Awards” e um “Emmy Award”.
...

There Will Never Be Another You, Mahesh Balasooyria (piano), Zane Musa (saxofone), John Belzaguy (contrabaixo) e Johnny Friday (bateria).



A Night In Tunisia (Dizzi Gillespie). Com a “United States Air Force Band”, Novembro de 2011. O sargento Tim Leahy no trompete, faz companhia a Arturo Sandoval.



Mambo Caliente, num "Encontro de Trompetistas" no "México", um tributo a Rafael Mendes, com participação do trompetista Wayne Begeron.



Tunisia Blues


16 comentários:


  1. Curioso que há dias quando publicaste o jazz standard «I Remember Clifford» eu lembrei-me do Arturo Sandoval e até o procurei nos vídeos que escolheste. Não estava lá e mal eu sabia que o ia encontrar aqui passados uns dias.

    Vou ouvir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Arturo Sandoval conheci-o na década de 80, após o 25 de Abril, numa festa do Avante. Penso que no ano em que ouvi o grande António Pinho Vargas, quando da estréia do seu primeiro álbum "Outros Lugares". Voltando ao Sandoval, o Jazz Latino-Americano é muito muito agradável de ouvir. Os ritmos latinos dão vontade de dançar, mesmo quando são Jazz.

      Essa composição é extraordinariamente bem interpretada na versão do Arturo Sandoval.
      Estás a ficar com um gosto refinado, estou a gostar. É sinal que o meu blogue começa a dar frutos !!!

      Obrigado Afrodite

      Eliminar
  2. ADORO! :)

    Beijocas (também à Deusa aí em cima). :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos dois então a gostar de Sandoval. Eu é que tenho de dar beijocas à grega ?!
      Não posso !!! ... por causa da crise vejo-me grego !!!

      Obrigado Maria

      Eliminar
  3. Gosto muito dos ritmos latinos. Apetece dar uns passos de dança.
    : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem precisas para aquecer.. Brrrrr !!! com essas temperaturas :)

      Obrigado Catarina

      Eliminar
  4. Boas escolhas Ricardo
    Estou aprendendo contigo a apreciar novos ritmos ,em especial o jazz.
    Obrigada .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico satisfeito pelo teu comentário. O meu Blogue está a dar os frutos que eu pretendo. Mostrar e dar a ouvir música nova e diferente.

      Obrigado Lis

      Eliminar
  5. Posso citar o Miguel Esteves Cardoso quando caracterizava os portugueses??
    Uma expressão que só o português é capaz de proferir - "gosto mesmo desta m#$da, pá!!" :)))
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei dessa afirmação Pedro :)) Mesmo à Miguel Esteves Cardoso.

      Obrigado

      Eliminar
  6. Como já tive oportunidade de dizer aqui, gosto muito de jazz, no entanto desconhecia o que colocaste aqui, para além de toda a informação preciosa e oportuna. Muito obrigada pela partilha.
    Gostei muito do que ouvi.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Folgo imenso que tenhas gostado Manuela. É sempre necessário complementar a música com alguma informação sobre o seu artista.

      Obrigado

      Eliminar
  7. Muito bom! Gostei deste jazz em ritmo latino, que me faz fugir o pé para a dança, especialmente o Mango Caliente.
    Assim vale a pena ouvir música jazz, ou melhor, vale sempre a pena!!...

    Fica bem, Ricardo.


    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vês como afinal gostas de Jazz. E até é só tocado. Sabe a dança sim, é verdade !
      Mas também temos de fazer às vezes um pequeno esforço e não fechar os ouvidos. Muitas vezes o não gostar é porque nao queremos sair do nosso campo de conforto, neste caso aquilo que estamos habituados a ouvir e a trautear. Explorar e ouvir outros sons, é como fugir à rotina de um dia... "Estou farto de bica, amanhã vou beber um chá de gengibre !"... Som diferente, neste caso sabor !!!

      Obrigado Janita

      Eliminar
  8. Não conhecia o músico mas gostei! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excelente trompetista, principalmente.

      Obrigado Teresa

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.