Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

domingo, 25 de janeiro de 2015

Em 02-09-2011. Obrigado.

Tobé vendedor na “Feira do Relógio”

O Tobé é um vendedor de colchões e roupa interior na Feira do Relógio.

Um dia ele chega a casa e diz à mulher:

- Tens de começar a ir trabalhar, amor. Olha para mim, hoje vendi 3 colchões e 20 cuecas e ganhei 600 euros.

Ela responde:

- Olha Tobé, eu sem sair de casa, só com um colchão e sem cuecas fiz 800 euros.

8 comentários:

  1. Essa deve ter doído ao pobre Tobé!!.... Isso é que foi trabalhar!!

    Há mulheres tramadas para o negócio! :))

    Boa semana, Ricardo!

    :)

    ResponderEliminar
  2. DANOU-SE!!! :)))
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
  3. :) Está-me cá a parecer que o Tobé é capaz de não ter apreciado assim muito o ganho da mulher...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois eu também acho que não. Fartou-se de trabalhar honestamente e afinal nem sabia o que se passava em casa dele ! :)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Exactamente Rui. Esta anedota fez-me lembrar os vendedores de colchões e outros produtos em cima das camionetas, nas feiras, aqui nos arredores de Lisboa. Será que a mulher desses era como a mulher do Tobé... coitados ! :)))
      Obrigado Rui

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.