Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Carol Welsman – Jazz Singers (XXIX)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Carol Welsman (Toronto, Canadá, 29-09-1960 – 20xx) – É uma pianista e vocalista de Jazz canadiana. De família de pessoas ligadas à música, é neta do maestro e compositor Frank Welsman e irmã do compositor John Welsman.
Já teve cinco nomeações para o Juno Award.
Carol Welsman frequentou o “Berklee College of Music”, em Boston, onde se formou em piano. Estudou, também, cantou no continente europeu.
Em 1990, retorna a Toronto e para ingressar na “Jazz Performance Faculty” na Universidade de Toronto e além das aulas particulares que deu, formou um conjunto de Jazz vocal improvisado. Desde aí, ela deu aulas e fez “workshops” em diversas faculdades e universidades, tanto no Canadá e os EUA. Em 1995, ela publicou seu primeiro CD "Lucky to Be Me", composto de “standards” de Jazz e sua própria música "This Lullaby", que ela apresentou em 11 de Setembro de 2004, no espectáculo de Larry King que comemorava o “9 de Setembro”. A canção foi, também, adoptada por Celine Dion, para o seu CD de 2004, "Miracle".
Carol Welsman também escreve/escreveu letras para vários cantores, como por exemplo, Ray Charles e Nicole Scherzinger do grupo “Pussycat Dolls”. Juntamente com Herbie Hancock ela organizou os “2000 Billboard Jazz Awards”.
Em 2005, ela foi objecto de um documentário chamado "Language of Love", produzido pela “Stormy Nights”. Filado no Brasil, Itália e América do Norte, Carol toca com Herbie Hancock, Djavan, e Romano Musumarra.
O seu CD de 2009, "I Like Men" - Reflexões de Miss Peggy Lee, foi eleito o álbum “Top 5” de selecção dos álbuns norte-americanos, do ano de 2009.
Em 30 de abril de 2010, ela participou no “Marian McPartland Piano Jazz” e foi entrevistada por Jon Weber.
A língua nativa de Carol Welsman é o Inglês, mas ela também canta e ensina francês e, algumas das suas músicas são em português.

Hold me, do CD com o mesmo nome, de 2001, composta por Carol Welsman e John Acosta


Canteloupe Island, do documentário "The Language of Love", filmado em 2006 e que foi passou na CBC (Canadá).


You Take Me Away, do CD “The Language of Love”, de 2003, composta por Carol Welsman e John Acosta.


Don't Get Around Much Anymore, do CD “Lucky To Be Me”, de 1995, composta por Duke Ellington e Bob Russell.

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Há sempre um dia para conhecer mais alguém que canta muito bem. A mim acontece-me bastante, na minha procura por vozes diferentes e novas !
      Obrigado Pedro

      Eliminar
  2. Jazz não é propriamente a minha praia...

    Bom 2015 !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São, é necessário arriscar ouvir algo diferente. É como se tu encontrares um novo livro de um novo escritor e queiras arriscar lê-lo. Até podes vir a gostar !
      Obrigado São e Bom Ano também para ti e para os Teus

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.