A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Jazz Standards (CXXVIII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

(Sobre o tema em questão, algumas palavras retiradas de “in
http://www.jazzstandards.com/compositions/index.htm” - adaptação e tradução por Ricardo Santos)

Softly As in a Morning Sunrise (#132) - Música de Sigmund Romberg e Letra de Oscar Hammerstein II
Sigmund Romberg escreveu a música e Oscar Hammerstein II escreveu a letra, desta composição, para o musical de “New Moon”, que estreou em New York no teatro “Imperial” em 19 de Setembro de 1928. O actor Robert Halliday cantou a canção, pela primeira vez, no espectáculo. Outra canção do musical, "Lover, Come Back to Me", foi gravada por vários artistas e teve três versões nas tabelas de vendas em 1929. "Softly As in a Morning Sunrise" não se saíu tão bem, com apenas uma de gravação :

Nat Shilkret e a sua orquestra (como “The Troubadors”) em 1929, Franklin Baur (vocal) subiu ao Nº. 5.

A apresentação de "Softly As in a Morning Sunrise" em “New Moon” foi mais no estilo de uma ária de ópera, que parece ter impedido a sua adaptação pelkas orquestras de dança, da altura. Curiosamente, nenhum dos dois grandes sucessos "Softly As in a Morning Sunrise" e "Lover, Come Back to Me" estavam na produção original que estreou em Cleveland. O espectáculo fracassou e nos cinco meses seguintes, os dois compositores surgiram com as duas composições que seriam dois grandes sucessos.

Chet Baker (Yale, Oklahoma, EUA, 23-12-1929 – Amsterdão, Holanda, 13-05-1988) – Em 1979. Com Wolfgang Lackerschmid (vibrafone).


Hiromi Uehara (Hamamatsu, Shizuoka, Japão, 28-03-1979 - 20xx) – No Tokyo Jazz Festival 2008, Japão.


Modern Jazz Quartet (1952 - 1992) - Milt Jackson (vibrafone), John Lewis (piano), Percy Heath (contrabaixo) e Connie Kay (bateria), no “Alexandra Palace”, em Londres, decorria o ano 1982, e durante o “Capital Radio Jazz Festival”.


Bing Crosby (Tacoma, Washington, EUA, 03-05-1903 — Madrid, Espanha, 14-11-1977)


Letra

Softly as in a morning sunrise
The light of love comes stealing
Into a newborn day
Flaming with all the glow of sunrise
A burning kiss is sealing
A vow that all betray
For the passions that thrill love
And take you high to heaven
Are the passions that kill love
And let it fall to hell
So ends the story
Softly as in a morning sunrise
The light that gave you glory
Will take it all away
Softly as in a morning sunrise
The light of love comes stealing
Into a newborn day
Flaming with all the glow of sunrise
A burning kiss is sealing
A vow that all betray
For the passions that thrill love
And take you high to heaven
Are the passions that kill love
And let it fall to hell
So ends the story
Softly as in a morning sunrise
The light that gave you glory
Will take it all away
Softly as it fades away
Softly as it fades away
Softly as it fades away
Softly as it fades away

Lamento, algumas eventuais falhas nas letras, encontradas na Internet, devido à própria improvisação dada pelos seus intérpretes, e muitas vezes de difícil entendimento. (Ricardo Santos)

4 comentários:

  1. E, ao fim destes anos todos, ainda é a versão de Bing Crosby que mais encanta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto de todas elas, por isso, as escolhi ! :)
      Obrigado Pedro

      Eliminar
  2. Boa tarde, conheço mais ou menos o que publicou, já muito tempo que não a ouvia, dizem os entendidos que o jazz é a pureza das todas as musicas.
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou somente um melómano amador, nem me considero entendido ou grande conhecedor. tenho interesse em saber sempre mais acerca de quem ouço, e o Jazz é excelente música, em todas as suas variantes. Não polui !!!
      Obrigado António

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.