Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

terça-feira, 22 de julho de 2014

Duas composições dos álbuns mais vendidos (XI)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

GBR, O Fantasma da Ópera, “Phantom Of The Opera” e “Think Of Me”, “O Fantasma da Ópera, 1986, Musical Teatro.

Editado 1986, um dos álbuns de maior sucesso de todos os tempos, e por indicação do “Guiness Book of World Records” com vendas de cerca de 40 milhões de unidades. “O Fantasma da Ópera” (“The Phantom of the Opera”) é um musical composto por Andrew Lloyd Webber, baseado no romance homónimo de Gaston Leroux. As músicas foram escritas por Andrew Lloyd Webber, com letras de Charles Hart e Richard Stilgoe. Um espectáculo que está em exibição há 26 anos no “Her Majesty’s Theatre”, Haymarket, Londres.

Abaixo da majestade e esplendor da Ópera de Paris, o fantasma esconde uma existência sombria. Envergonhado pela sua aparência física e temido por todos, o amor que ele tem pela sua linda e protegida Christine Daaé é tão forte que até mesmo o seu coração não pode resistir.
O musical estreou no “Her Majesty’s Theatre”, em 9 de Outubro de 1986 com Michael Crawford e Sarah Brightman nos papéis principais, e desde então, têm havido dezenas de produções em todo o mundo. Agora no seu 26º. Ano, “The Phantom of the Opera” continua a cativar o público, em West End (Haymarket), Londres, mesmo depois de mais de 10 mil apresentações.
Espectáculo hipnotizante, escrito por Andrew Lloyd Webber, conjuntamente com paisagens de nos deixar de queixo caído e efeitos especiais de tirar o fôlego, combinam-se, magicamente, para nos trazer ao palco esta trágica história de amor.

http://www.thephantomoftheopera.com/london

O Fantasma da Ópera, na gala de celebração do 50º. Aniversário de Andrew Lloyd Webber, em Abril de 1998, no Royal Albert Hall, com Sara Brightman e Antonio Banderas.


Think Of Me

6 comentários:

  1. Vi o Fantasma da Ópera três vezes. E se viesse de novo talvez fosse uma quarta. Tb tenho o CD que até uma certa altura ouvia com frequência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então tu és daquelas que pertence aos 40 milhões daqueles que compraram uma cópia !
      É um espectáculo excelente !
      Obrigado Catarina

      Eliminar
  2. Um dos meus musicais favoritos, Ricardo.
    Talvez só suplantado por Les Misérables.

    ResponderEliminar
  3. E eu que nunca tinha ouvido o Banderas cantar...:)

    O Ricardo trocou-nos bem as voltas com aquele arroz doce do passatempo do Rui! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade o Banderas também canta, além de excelente actor !
      A foto de "o prato de arroz doce" do Teixeira de Vasconcelos :)))
      A tua foto era mais evidente sim.
      Obrigado Luísa por vires aqui. Sou um fã da tua fotografia. Tens fotografado com a analógica ?

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.