A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Duas composições dos álbuns mais vendidos (X)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

GBR/EUA, Fleetwood Mac, “Dreams” e “Don't Stop”, Rumours, 04/02/1977, Soft Rock

Editado 04-02-1977, “Rumours” é o 11º álbum de estúdio do grupo de “Rock” anglo-americano “Fleetwood Mac”. Gravado em 1976, foi produzido pela banda, conjuntamente, com Ken Caillat e Richard Dashut para a editora “Warner Bros. Records”. O disco alcançou o topo das tabelas de venda “Billboard” nos Estados Unidos e da “UK Albums Chart” no Reino Unido. Quatro canções do disco, "Go Your Own Way", "Don't Stop", "Dreams" e "You Make Loving Fun", foram editadas, como “singles”. Vencedor do prémio “Grammy” de “Álbum do Ano”, “Rumours” vendeu mais de 40 milhões de cópias em todo mundo, recebeu 19 discos de platina da “RIAA” nos Estados Unidos e transformou os “Fleetwood Mac” em superestrelas mundiais do “Rock”.

Dreams


Don't Stop

4 comentários:

  1. Há "séculos" que não ouvia isto...
    :)
    Boa música!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De vez em quando vale a pena rever músicas e interpretações do tempo em que cantar se fazia por gosto e por prazer de.
      Obrigado Rui

      Eliminar
  2. Gostei deste Don't Stop que não conhecia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O álbum é todo muito agradável. A banda era um belíssimo grupo !
      Obrigado Graça

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.