A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Jazz Standards (CXVII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

(Sobre o tema em questão, algumas palavras retiradas de “in
http://www.jazzstandards.com/compositions/index.htm” - adaptação e tradução por Ricardo Santos)

Autumn in New York (#121) - Música e Letra de Vernon Duke

A composição de Vernon Duke foi escrita para o musical de 1934 “Thumbs Up!” e apresentada pela primeira vez por J. Harold Murray. Treze anos mais tarde, a canção subiu ao lugar 27 nas tabelas de vendas, graças a uma versão interpretada por Frank Sinatra.
O compositor Vernon Duke escreveu três peças para “Thumbs Up!”: Um número de dança para o sapateado de Hal Le Roy; um tango para J. Harold Murray; e a composição "Autumn in New York”. Apenas a última canção permaneceu no espectáculo que estreou em 27 de Dezembro de 1934, e terminou cinco meses depois. Na sua autobiografia “Passaporte to Paris”, Duke descreveu o musical, como "uma decente e média revista, que recebeu foi medianamente divulgado e noticiado".
Duke, escreveu "Autumn in New York" enquanto estava de férias em Westport, Connecticut. Mais uma vez a partir da sua autobiografia, ele fala sobre o "núcleo" da música: "Tanto o longo verso ‘conversa’ e o constante e modelar refrão, não continham os ingredientes daquilo que a editora ‘Harms’ chamaria de ‘apelo popular’; a canção era uma verdadeira explosão emocional e, possivelmente, esta autenticidade foi responsável por se ter tornado um ‘standard’. No entanto, eu toquei-a uma ou duas vezes em Westport e verifiquei que os espectadores se retiravam, para o bar, no meio do verso longo".

Frank Sinatra (Hoboken, EUA, 12-12-1915 — Los Angeles, EUA, 14-05-1998) – Em 1974


Jonathan Kreisberg Group (????) – Com Jonathan Kreisberg (guitarrra), Will Vinson (saxofone alto), Gary Versace (piano), Joe Martin (contrabaixo) e Mark Ferber (bateria), no festival Jazzbaltica, Salzau, Alemanha, em 5 de Julho de 2008.


The Singers Unlimited (EUA, 1971 – 20xx) – Com Len Dresslar, Bonnie Herman, Don Shelton e Gene Puerling.


Manhattan Jazz Orchestra (1983 – 20xx) - David Matthews e Amigos, um grupo de músicos pertencentes à “Manhattan Jazz Orchestra”. Com Ryan Kisor (trompete), Andy Snitzer (saxofone tenor), David Matthews (piano), Terry Silverlight (bateria) e Chip Jackson (contrabaixo).


Letra

Autumn in New York
Why does it seem so inviting?
Autumn in New York
It spells the thrill of first-knighting
Glittering crowds and shimmering clouds
In canyons of steel
They're making me feel
I'm home
It's autumn in New York
That brings the promise of new love
Autumn in New York
Is often mingled with pain
Dreamers with empty hands
May sigh for exotic lands
It's autumn in New York
It's good to live it again
Lovers that bless the dark
On benches in Central Park
It's autumn in New York
It's good to live it again

Lamento, algumas eventuais falhas nas letras, encontradas na Internet, devido à própria improvisação dada pelos seus intérpretes, e muitas vezes de difícil entendimento. (Ricardo Santos)

4 comentários:

  1. Boa tarde,
    è excelente passar por aqui e recordar grandes musicas que por vezes nos esquecemos, estas musicas trazem boas recordações.
    Abraço
    ag
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António ainda bem que gostas de passar por aqui a ouvir "standards". Valem bem a pena.
      Obrigdo

      Eliminar
  2. O estúpido do meu computador está sem som!!! Mas hei de cá voltar!
    Beijinhos musicais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradecido pela tua visita em estado de surdez provisória ! :)
      Tento sempre levar boa música e algo diferente daquilo com que, massivamente, nos encharcam, na rádio e na tv.
      Obrigado Graça

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.