A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

domingo, 30 de março de 2014

Conversa da Treta



12 comentários:

  1. Respostas
    1. Soberbas estas cenas com o Zé Pedro Gomes e o saudoso António Feio.
      Obrigado Catarina

      Eliminar
  2. O facto é que esta treta não me chateia nada. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta "Treta" foi do melhor que se fez em comédia teatral, nos últimos anos. "Imoral" perder-se o António Feio. :((((
      Obrigado Luísa

      Eliminar
  3. O António Feio lutou contra a maldita doença até mais não poder.
    Sofreu um bom bocado, caramba.
    Aquele abraço e votos de boa semana!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O livro dele é bastante elucidativo e positivo na sua descrição sobre a sua luta contra o cancro que tinha no pâncreas. Não faz sentido, nem ele ter sofrido o que sofreu, nem ninguém.
      Obrigado Pedro

      Eliminar
  4. Uma conversa da treta que nos deixou muitas saudades!:(

    Depois do Adeus de António Feio, ficou o monólogo do José Pedro Gomes e nunca mais nada foi como dantes. Uma perda irreparável.
    É bom que os vás recordando. Obrigada, por isso!

    Cumprimentos amigos.

    Janita

    ResponderEliminar
  5. Boa noite,
    Programa televisivo com António Feio e José Pedro Gomes que ficou na memoria dos portugueses, era um duo que através do humor, as mensagens passavam com facilidade.
    Abraço
    ag

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Umas conversas da treta com muita propriedade.
      Obrigado António

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.