A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Pat Metheny e mais dez baladas …(X)

As baladas são sempre o encontro do Amor e da Paixão, e são a escolha de inúmeros artistas para levarem mensagens aos seus ouvintes, leitores e espectadores. Pat Metheny não é um compositor diferente dos outros. Ouçam a beleza destas duas primeiras.    
           
Más allá (beyond), do álbum “First Circle” de 1984, para a etiqueta ECM.  
          
         
         
Always and Forever, composição dedicada aos seus Pais, e do álbum “Secret Story” de 1992, para a etiqueta Geffen.      
          

4 comentários:

  1. Gostei de ambos os vídeos! Não entendi foi a história das 10 baladas... ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São mais dez baladas. Duas dia 15, duas 17, duas 19, duas 21 e duas 23. Dez no total.
      Se gostas de Metheny procura pela etiqueta e encontras mais música do mesmo músico e compositor.

      Eliminar
  2. Estes é dos tais que faz "cantar" a guitarra.
    Aquele abraço e votos de boa semana (o que resta dela)

    ResponderEliminar
    Respostas



    1. Ricardo Santos16 de Outubro de 2013 às 18:27

      Pedro, eu sou um adepto incondicional deste músico e dos vários grupos que tem formado. Este Senhor já ganhou 17 Grammies e tem uma história riquíssima musical. Vou ter tempo de repôr algumas composições do meu antigo Blog, para dar a conhecer este tipo de música.
      Obrigado

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.