A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

domingo, 22 de setembro de 2013

Jazz Standards (CI)

(Dados Biográficos In Wikipédia e In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)      
         
(Sobre o tema em questão, algumas palavras retiradas de “in
http://www.jazzstandards.com/compositions/index.htm” - adaptação e tradução por Ricardo Santos)     
          
Undecided (#105) - Música de Charles Shavers e Letra de Sid Robin
Os anos 1930 e 1940 foram dominados pelo grande balanço e bandas de dança capazes de preencher os muitos grandes salões em toda a América. Mas um número significativo de casas nocturnas necessitavam de conjuntos mais pequenos, especialmente em cidades como Nova York e Chicago. Um desses locais foi o “Onyx Club”, na Rua 52, em Nova York, que veio a ser conhecida como "Swing Street" emvirtude da existência de muitos clubes de Jazz de mais pequenos. O grupo do violinista Stuff Smith encheu o clube durante 1936 e início de 1937, deixando apenas tempo para uma aparição de um filme de Hollywood. O baixista John Kirby, um veterano das bandas de Chick Webb e Fletcher Henderson, reuniu um pequeno grupo para tomar o lugar de Stuff Smith no “Onyx Club”. O grupo, basicamente, existia como uma “Jam Band” até Novembro de 1937, quando se juntou a ele o trompetista Charlie Shavers. Shavers, um veterano da “Big Band” e orquestrador, começou a organizar os músicos num conjunto bem integrado, tocando arranjos de tudo, desde canções populares a interpretações de clássicos. Charlie Shavers começou, também, a compor originais, um dos quais foi enviado para o seu editor. Recebendo a composição sem título, os editores quiseram que Shavers lhe pusesse um nome, ao que Charlie respondeu "Undecided", que acabou por se tornar o título. Sid Robin escreveu a letra para a melodia. As palavras de Robin funcionaram, inteligentemente, na composição, contando a história de um relacionamento repetido. A melodia adaptava-se, perfeitamente, ao estilo de Ella Fitzgerald, como se Robin a tivesse em mente ao escrever a letra.      
          
Barney Kessel (Muskogee, Oklahoma, EUA, 17-10-1923 — EUA, 06-05-2004), Talmage Farlow (Greensboro, Carolina do Norte, EUA, 07-06-1921 - EUA, 25-07-1998) e Charlie Byrd (Suffolk, Virginia, EUA, 16-09-1925 – Annapolis, Maryland, EUA, 02-12-1999).   
       
        
            
Shaffer's Riffers (????) – Banda Checa liderada pelo pianista Jakub Safr e a voz é de Petra Ernyei. No “16th International Bohem Ragtime and Jazz Festival”, em 2007, na cidade de Kecskemét (Hungria).      
      
         
           
The Delta Rhythm Boys (1934 - 1987).         
          
        
              
Jonny Hepbir Quartet (1992 – 20xx) – Com Sara Orschlag (voz), Jonny Hepbir (guitarra), Jason Henson (guitarra) e Dan Sheppard (contrabaixo). Brighton, 12 de Abril de 2012, durante o “UK e International Jazz Band Hire”.   
          
            
             
Letra    
         
First you say you do
And then you don't
And then you say you will
And then you won't
You're undecided now
So what are you gonna do?
Now you want to play
And then it's no
And when you say you'll stay
That's when you go
You're undecided now
So what are you gonna do?
I've been sitting on a fence
And it doesn't make much sense
'Cause you keep me in suspense
And you know it
Then you promise to return
When you don't
I really burn
Well, I guess I'll never learn
And I show it      
           
Lamento, algumas eventuais falhas nas letras, encontradas na Internet, devido à própria improvisação dada pelos seus intérpretes, e muitas vezes de difícil entendimento. (Ricardo Santos)

2 comentários:


  1. Pois... não me admira que haja dificuldade em traduzir o que eles dizem... mas também àquela velocidade...!!


    Beijinhos à velocidade do som
    (^^)


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antigamente, cheguei a procurar e a publicar as letras de todos as versões cantadas e que "postava". No entanto, decidi que era disparatado e passei somente a publicar uma letra, mesmo que ela tenha alterações de intérprete para intérprete, a base está lá, para quem quiser trauteá-la.

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.