A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Porto (I) – Baixa do Porto

Esta semana trago-vos, também, fotos, da baixa da cidade Invicta, cidade que muito prezo e admiro. 
     
As fotos falam por si, não precisam de apresentações. São edifícios típicos da baixa portista, monumentos e igrejas. Alguns, verdadeiras obras-primas da arquitectura.      
Para acompanhar musicalmente estas minhas fotos, três artistas, Veloso, Sérgio e Abrunhosa. Dois nascidos no Porto, e um nascido em Lisboa, mas que veio para o Porto, em tenríssima idade, para aí ser criado.        
       
As composições musicais são, como é óbvio, ao meu gosto pessoal, mas sobejamente conhecidas.    

2 comentários:

  1. Com que então estiveste no Porto e não dissestre nada ?! rsrs ...
    Numa próxima, dá uma apitadela ! :))
    Belíssima reportagem, tal como em Braga, no Sameiro e Bom-Jesus ! :))
    Espero que no Porto não tivesses deixado por ver a Ribeira (dos 2 lados), uma visita às Caves e prova de Porto, as pontes, a marginal até à Foz ou Leça ! Também da Casa da Música, Boavista ao mar, Serralves, o Parque da cidade ! Uma bica no Magestic, Santa Catarina, os Clérigos e a Lello e claro que ainda faltaria muito para ver e com mais tempo uma subida até à Régua, as eclusas e descida por outra via !

    Grande abraço, Ricardo ! :))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estive 3 curtos dias e somente andei pelos sítios que fotografei. Percorri o País em trabalho durante alguns anos da minha vida. O Porto e toda os habitantes nortenhos são pessoas que me são muito queridas,l e até conheço a cidade mais ou menos.
      Tenho aí alguns amigos, não muitos, mas bons. Aliás, somente tenho boas recordações do espírito hospitaleiro das gentes do Norte. Porto, Braga, Guimarães, Viana do Castelo, Ponte de Lima, são cidades de que gosto imenso !
      Obrigado Rui

      Eliminar

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.