A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

domingo, 14 de julho de 2013

O sono e a Língua Portuguesa - Interacção Humorística (CI)

Em 22-03-2011. Obrigado.         
              
O sono e a Língua Portuguesa         
              
O marido, ao chegar em casa, no final da noite, diz à mulher que já estava deitada.
     

- Querida, eu hoje quero amá-la.      
        
A mulher, que estava dormindo, com voz de sono, responde:           
               
- A mala... ah não sei onde está, não! Use a mochila que está na arrecadação do quarto de visitas.           
             
- Não é isso querida, eu queria dizer que hoje vou amar-te.           
             
- Por mim, você pode ir até Júpiter, Saturno e até à merda, desde que me deixe dormir em paz...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.