A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

domingo, 16 de junho de 2013

Gira-Discos (XLIV)


(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)       
        
Diane Ernestine Earl Ross (Detroit, Michigan, EUA, 26-03-1944 – 20xx) – Conhecia como Diana Ross, é uma artista americana de “Soul”, “Jazz”, “R&B” e “Pop”, e uma das cantoras mais famosas de seu tempo. Estima-se que as vendas de seus discos e álbuns já tenham ultrapassado os 100 milhões de cópias.
Segunda entre seis irmãos, três mulheres e três homens, filhos do operário Fred Ross e da professora Ernestine Earle Ross, Diana nasceu no Hospital da Mulher Hutzel, em Detroit, Michigan. Embora lhe tenha sido dado o nome de "Diana", Ross usou "Diane" em casa e na escola, e continuou a usar o seu nome profissional até completar 21 anos. Depois de viver na “Avenida Belmont, 635” no fim do Norte de Detroit por vários anos, a família de Ross mudou-se para a “St. Antoinne Street” nos projectos de habitação “Brewster-Douglass”, em 1958. Diana aspirava ser uma desenhadora/estilista de moda, e fez a faculdade de quatro anos na “Cass Technical High School” no centro de Detroit. Ela era uma “majorette” e membro da equipa de natação. Foi eleita a mais bem vestida de todas as meninas no seu último ano. Formou-se em Janeiro de 1962.        
         
"Chain Reaction”, do álbum “Eaten Alive” de 1985, composição compsta pelos “Bee Gees”.
         
             
              
You took a mystery and made me want it
You got a pedestal and put me on it
You made me love you out of feeling nothing
Something that you do
And I was there and not dancing with anyone
You took a little, then you took me over
You set your mark on stealing my heart away
Crying, trying, anything for you
Im in the middle of a chain reaction
You give me all the after midnight action
I wanna get you where I can let you make all that love to me
Im on a journey for the inspiration
To anywhere and there aint no salvation
I need you to get me nearer to you
So you can set me free
We talk about love, love, love
We talk about love
We talk about love, love, love
We talk about love
You make me tremble when your hand moves lower
You taste a little then you swollow slower
Nature has a way of yielding treasure
Pleasure made for you, oh
You gotta plan, your future is on the run
Shine a light for the whole world over
You never find your love if you hide away
Crying, dying, all you gotta do is
Get in the middle of a chain reaction
You get a medal when you're lost in action
I wanna get your love all ready for the sweet sensation
Instant radiation
You let me hold you for the first explosion
We get a picture of our love in motion
My arms will cover, my lips will smother you
With no more left to say
We talk about love, love, love
We talk about love
You let me hold you for the first explosion
Arms will cover you
All you gotta do is get in the middle of a chain reaction
You get a medal when you're lost in action
Don't pass me by
I wanna get your love all ready for the chain reaction ...     
          
"Upside Down”, do álbum “Diana” de 1980.        
           

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.