A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

domingo, 18 de novembro de 2012

Jazz Standards (LXXIX)

(Dados Biográficos In Wikipédia e In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)        
                
(Sobre o tema em questão, algumas palavras retiradas de “in
http://www.jazzstandards.com/compositions/index.htm” - adaptação e tradução por Ricardo Santos)        
             
Darn That Dream (#70) - Música de Jimmy Van Heusen e Letra de Eddie De Lange
"Darn That Dream" foi apresentado pela primeira vez no musical da Broadway, “Swingin 'Dream”, que estreou em 29 de Novembro de 1939, no Teatro Center. O espectáculo encerrou pouco depois, em 9 de Dezembro, depois de apenas 13 actuações. Entre aqueles que cantaram "Darn That Dream" na produção estavam Louis Armstrong, Maxine Sullivan (como Tatiana, a “Queen of Pixies”), Bill Bailey, Dorothy Dandridge, Vivian Dandridge, e Etta Jones. Nota: Etta Jones das Irmãs Dandridge, nascida em 1919, não deve ser confundida com Etta Jones a vocalista de Jazz/Blues, nascida em 1928.
A curto prazo percebeu-se que o espectáculo foi uma decepção para todos os envolvidos, especialmente para os investidores que perderam quase $100.000 dolares, uma das maiores perdas da época. Para Benny Goodman, no entanto, foi um êxito brilhante. No final de janeiro "Darn That Dream", com o vocalista Mildred Bailey, tornou-se o seu primeiro de três sucessos de topo, nas tabelas “Pop” de 1940. "Darn That Dream" atingiu mais duas vezes as tabelas nesse ano,
Benny Goodman & His Orchestra (1940, Mildred Bailey, vocal, Nº. 1)
Azul Barron & His Orchestra (1940, Russ Carlyle, vocal, Nº. 14)
Tommy Dorsey & His Orchestra (1940, Anita Boyer, vocal, Nº. 16)       
               
Dexter Gordon (Los Angeles, Califórnia, EUA, 27-02-1923 - New York, EUA, 25-04-1990) – Do álbum “One Flight Up” de 1964, para a etiqueta “Blue Note”. Com Dexter Gordon (saxophone tenor), Donald Byrd (trompete), Kenny Drew (piano) Niels-Henning Orsted Pedersen (contrabaixo) e Art Taylor (bateria).      
                  
              
                 
Chet Baker (Yale, Oklahoma, EUA, 23-12-1929 – Amsterdão, Holanda, 13-05-1988) – Do álbum “Chet Baker - Rendez-Vous” de 1979, para a etiqueta “Bingow”. Com Chet Baker (trompete), Henry Florens (piano), Jean-Paul Florens (guitarra), Jim Richardson (contrabaixo) e Tony Mann (bateria).              
                 
               
                  
Jane Monheit (Oakdale, Long Island, EUA, 03-11-1977 - 20xx) & Nate Lombardi (?)      
                 
              
                  
Bill Evans (Plainfield, EUA, 16-08-1929 — New York, EUA, 15-09-1980) & Jim Hall (Buffalo, New York, EUA, 04-12-1930 - 20xx) – Do álbum “Undercorrent” de 1962, para a etiqueta “Blue Note”, Com Bill Evans (piano) e Jim Hall (guitarra).            
                 
     
           
Letra      
            
Darn that dream
I dream each night
You say you love me and hold me tight
But when I awake and you're out of sight
Oh, darn that dream
Darn your lips and darn your eyes
They lift me high above the moonlit sky
Then I tumble out of paradise
Oh, darn that dream
Darn that one track mind of mine
It can't understand that you don't care
Just to change the mood I'm in
I'd welcome a nice old nightmare
Darn that dream
And bless it too
Without that dream I never have you
But it haunts me and it won't come true
Oh, darn that dream             
              
Lamento, algumas eventuais falhas nas letras, encontradas na Internet, devido à própria improvisação dada pelos seus intérpretes, e muitas vezes de difícil entendimento. (Ricardo Santos)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.